21 de abril – Feriado – Quem foi Tiradentes?

Desde 1965, no dia 21 do mês de abril, celebra-se o Dia de Tiradentes, no Brasil. Além da homenagem a esse personagem histórico, também se relembra a Inconfidência Mineira.
Tiradentes era o apelido de Joaquim José da Silva Xavier, um alferes (cargo militar da época colonial) que também exerceu a profissão de dentista. O movimento denominado Inconfidência Mineira com participação ativa de Tiradentes era de contestação ao forte poder que a Coroa Portuguesa exercia sobre o Brasil Colônia. Articulado entre os anos de 1788 e 1789, baseado nas ideias Iluministas, que se propagaram pela Europa na segunda metade do século XVIII.
Os inconfidentes mineiros, na sua grande maioria, eram da elite cultural e social mineira, ocupavam postos militares ou exerciam profissões liberais, como Tiradentes. As ideias de liberdade, igualdade e fraternidade (ideias essas que alimentaram a Revolução Francesa, em 1789), fomentavam o desejo de emancipação e independência com relação à Coroa Portuguesa, à época governada pela Rainha D. Maria.
Os planos de insurreição ao governo de Visconde de Barbacena de Minas Gerais, ocorreu em 1788 e tiveram como estopim a política de cobrança de impostos sobre o ouro produzido na região e sobre os rendimentos que ganhava cada pessoa que compunha a população mineira chamado de derrama.
Apesar de bem organizados os inconfidentes foram traídos por Silvério dos Reis, um devedor de tributos que, ao denunciá-los, acreditava sanar suas dívidas com a Coroa Portuguesa.
Todos os inconfidentes foram presos. Tiradentes foi detido no Rio de Janeiro. Os principais líderes receberam a pena do banimento, isto é, foram expulsos do país. Tiradentes, ao contrário, foi enforcado no dia 21 de abril de 1792 no Rio de janeiro. Seu corpo foi esquartejado e sua cabeça exibida na praça principal da cidade de Ouro Preto, para servir de exemplo aos contestadores do poder central da época.
Vale ressaltar que a Inconfidência Mineira é representada nos textos literários da Literatura Brasileira, mais precisamente no movimento literário chamado de Arcadismo.
Sugere-se assistir ao filme “Os Inconfidentes”, co-produção brasileira e italiana, gênero drama histórico, dirigida por Joaquim Pedro de Andrade, da década de 1970. Neste link:
* Vitório Francisco Dalcero, ex-diretor e professor de História da Escola Santo Pazini, atual vereador em Flores da Cunha – RS.
** Professora Mestre, Alcione Salete Dal’Alba Pilger, segunda-dama de Braga, gestão 2021 – 2024.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider

VÍDEOS

Mais notícias

Confira Vídeo: Policial fica em estado grave após ser atropelado e arrastado em Santa Catarina
Na tarde do sábado (08), um policial militar do...
Carreta com sementes tomba no entrocamento da ERS-233 com a RSC-377 no Noroeste do RS
Uma Scania de Ijuí/RS tombou por volta de 13h30min...
Brigada Militar prende segundo indivíduo envolvido em roubo ocorrido em Frederico Westphalen
Na tarde desta segunda-feira (10/5), policiais militares do 37º...
Pneus se desprendem de carreta e atingem casa em Santa Catarina
O fato ocorreu às 11h desta segunda-feira, 10, na...
Acidente envolvendo moto e veículo no centro de Santa Rosa
No início da tarde de segunda-feira (10/05), ocorreu um...