A Sequência Didática como ferramenta pedagógica

Brigada Militar
Advogado Benhur Aurélio Formentini Nunes
ABC NOVO
SICREDI NOVO
WAGNER NOVO
INFE NOVO

Um dos grandes desafios para nós professores é desenvolver um planejamento capaz de levar a turma a um ano de muita aprendizagem, envolver ações significativas resultando no domínio de conhecimentos, levando a criança a uma reflexão crítica sobre o mundo e a realidade que a cerca.

Sabemos que nem todos aprendem da mesma forma, desse modo à elaboração de um planejamento com um conjunto de atividades e aplicação da “Sequência Didática”, será possível alcançar os objetivos do ensino em sala de aula, pois se não houve aprendizagem no momento, criam-se novas possibilidades para que possa ocorrer no futuro. Por meio desta estratégia, haverá avanço na apropriação do conhecimento, permitindo as intervenções necessárias dos professores. Por meio da sequência didática, é possível ensinar qualquer tema e conteúdo.

Mas o que é uma sequência didática e qual seu objetivo com relação à aprendizagem?

Sequência didática é um conjunto de atividades organizadas, que são planejadas com base em um gênero textual ou de um conteúdo específico podendo envolver diferentes componentes curriculares, seu objetivo é contribuir para a formação integral da criança, para que a mesma se torne capaz de compreender e dominar os diversos gêneros textuais colaborando nas mais variadas situações sociais integrando criatividade, imaginação e conteúdo de qualidade.

Dessa forma, o professor de acordo com as necessidades de aprendizagem da turma escolhe um assunto e focaliza o tempo a ser trabalhado, planejando atividades não fragmentadas, que contemplem todas as áreas do conhecimento de forma interdisciplinar, levando a uma aprendizagem significativa e prazerosa.

O interessante de se trabalhar com sequência didática são as reflexões das crianças sobre os conhecimentos adquiridos, eles realmente se motivam, questionando, construindo conhecimentos além dos que já possuíam e enriquecendo seu vocabulário, através de diferentes textos, como parlendas, cantigas, poesia, receitas, listas, bilhetes e uma infinidade de atividades onde se agrega ainda confecção de brinquedos, jogos, utilizando-se de materiais concretos, brincadeiras e até culinária, tornando a aula consistente, diversificada, onde as mesmas produzem e aprendem de forma natural, divertida e agradável.

Assim, na alfabetização, a utilização de sequências didática através de um trabalho organizado, possibilita o crescimento dos conceitos e saberes de acordo com a curiosidade e estímulo em sala de aula, garante maior conhecimento através de um planejamento cauteloso, permitindo à criança a utilização da escrita e leitura no dia a dia.

O papel do professor alfabetizador no processo de apropriação da escrita, através de situações significativas de ensino, proporciona a criança uma aprendizagem bem sucedida na apropriação da escrita, de modo que esta compreenda as funções sociais da mesma.

A prática pedagógica deve envolver procedimentos expressivos na alfabetização resultando no domínio de conhecimentos em relação ao funcionamento e aquisição do código da leitura e escrita. Assim é possível o professor realizar um trabalho articulado em vários eixos de ensino, como leitura, produção escrita, oralidade, podendo organizar as crianças de diferentes maneiras, em pequenos grupos, duplas, individual ou coletivamente, possibilitando de acordo com as necessidades de cada uma, aprendizagens diferentes.

Desse modo, a avaliação pode ser feita diariamente. A pergunta principal que se deve responder, ao final de uma sequência, é se os alunos avançaram de um estado de menor para um de maior conhecimento sobre o que foi ensinado. Para isso, vale registrar os progressos de cada estudante, observando como ele se sai nas atividades, desde a sondagem inicial até a etapa final. Ao analisar esses registros, fica fácil entender quais foram os avanços dos alunos.

Portanto, a sequência didática é uma forma de organização do trabalho pedagógico que permite antecipar o que será destacado em um espaço de tempo que é modificável em função do que as crianças precisam aprender da mediação e do constante monitoramento que o professor faz para acompanhar os alunos, por meio de atividades durante e ao final da sequência didática.

Assim, a sequência didática constitui um desafio para o professor, pois requer mudanças em relação à prática pedagógica, no desenvolvimento dos conteúdos rumo a uma aprendizagem significativa, explorando na sala de aula, diferentes atividades a fim de formar leitores e escritores eficientes e habilidosos.

 

Referências

https://novaescola.org.br › conteudo › como-organizar-sequencias-didaticas/.

Pacto nacional pela alfabetização na idade certa: planejando a alfabetização; integrando diferentes áreas do conhecimento: projetos didáticos e sequências didáticas: ano 01, unidade 06/Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio a Gestão Educacional.- Brasilia: MEC, SEB, 2012.

 

Fonte: Professora Silvia de Fatima Birkhahn de Souza

Sellnet Telecom
Gráfica Ômega
Zanella
Farmácia Santa Inês
Brigada Militar
Advogado Benhur Aurélio Formentini Nunes
ABC NOVO
SICREDI NOVO
WAGNER NOVO
INFE NOVO
Sellnet Telecom
Gráfica Ômega
Zanella
Farmácia Santa Inês

Mais acessadas

Mais notícias

7° BPM prende homem por porte ilegal de arma de fogo em Campo Novo
No sábado (24/10), às 22h15 policiais militares do 7° BPM...
Cenário para 2021 prevê queda de mais de R$ 850 milhões na receita dos municípios
A perda de arrecadação das prefeituras gaúchas em 2021, estimada...
Dois jovens são presos por tráfico de drogas em Palmeira das Missões
Policiais civis da Delegacia de Polícia de Palmeira das Missões...
Coronel Bicaco registra mais um caso de Covid-19 neste sábado (24)
A Secretaria Municipal de Saúde de Coronel Bicaco atualizou na...
Brigada Militar solicita para povo dispersar em promoção no centro de Tenente Portela RS
Antes mesmo das 20 horas deste sábado, não havia mais...