Acusado de matar ex-companheira, o filho dela e outro homem na região noroeste permaneceu em silêncio durante interrogatório

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
postedeatendimentosite
De acordo com a Polícia Civil (PC), em seu interrogatório, na manhã desta quarta-feira (15), Ezequiel da Rosa permaneceu em silêncio acerca dos fatos. As evidências, contudo, demonstram, segundo a PC, que se trata de crime passional.
O interrogatório ocorreu na Delegacia de Polícia de Porto Xavier, sob coordenação do Delegado Anderson Pettenon.
Foi apreendida, junto ao preso, a faca utilizada para cometer os quatro crimes, no domingo: três homicídios e uma tentativa de homicídio.
O inquérito policial será encaminhado à justiça no prazo legal de 10 dias. São aguardadas perícias a fim de concluir as investigações.
Caso seja condenado pelo tribunal do júri, as penas podem ultrapassar a 100 anos de prisão, sendo o tempo mínimo de 40 anos de execução em regime fechado de acordo com o código penal.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Texto: Portal RD

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
postedeatendimentosite

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo