Alerta: barragem em Putinga e na região central do RS estão com capacidade máxima; população ribeirinha deve ser evacuada

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

As barragens de Putinga e de Dona Francisca estão com suas capacidades máximas. Desde a última segunda-feira, o estado tem sido assolado por fortes chuvas que têm elevado os níveis dos rios e preocupado as autoridades locais. O vice-prefeito de Putinga, Moisés Beltrame, esteve no local e fala sobre a possibilidade de um rompimento da barragem da região.

Apesar de se tratar de uma prevenção, sem dados concretos sobre um possível rompimento, ele afirmou que a barragem atingiu seus limites máximos e que medidas de evacuação estão sendo tomadas para garantir a segurança de todos. A preocupação é evidente, pois, caso a barragem se rompa, o impacto das enchentes seria catastrófico para a região, especialmente para aqueles que residem próximos ao rio.

“Já estamos evacuando as famílias e estamos com o pessoal da vila lá também todo evacuado já, estamos alojando no Salão Paroquial”, alertou.

As autoridades estão mobilizando esforços para tentar aliviar a pressão sobre a barragem, buscando abrir o ladrão para facilitar a drenagem da água represada. No entanto, essa medida pode aumentar o fluxo de água em direção à cidade, exacerbando ainda mais o risco de enchentes.

Diante desse cenário crítico, Beltrame fez um apelo urgente à população, especialmente àqueles que residem em áreas de risco: “Estamos pedindo a todos que moram na parte de trajeto disto tudo, que vão para a parte alta, que recolham as suas coisas mínimas, vão para a parte alta. Aqueles que não têm onde ir, vão para o paroquial, que nós estamos localizando para receber a todos lá.”

Alerta em Dona Francisca

Na região central do estado, a Barragem de Dona Francisca alcançou um marco histórico, registrando um nível sem precedentes em seu reservatório e uma significativa vazão de água. Essa situação elevada demanda ações imediatas de precaução por parte dos municípios circundantes.

O comunicado oficial emitido pelas autoridades competentes revela que foram verificadas afluentes históricas, resultando no alcance da capacidade máxima do vertedouro da barragem. É importante ressaltar que, até o momento, não há alerta de rompimento, contudo, a ausência de comportas na estrutura torna essencial a adoção de medidas preventivas.

Este comunicado serve como um lembrete urgente para as zonas de atenção abaixo da Barragem de Dona Francisca. Municípios como Nova Palma e Agudo são os mais suscetíveis aos impactos decorrentes desse aumento no nível do reservatório. A zona de segurança secundária inclui localidades como Faxinal do Soturno, Restinga Seca, Cachoeira do Sul e seus arredores.

Diante desse cenário, é crucial que as autoridades locais e a população estejam plenamente cientes da situação e tomem medidas preventivas adequadas. Isso pode incluir o monitoramento constante das condições da barragem, a implementação de planos de evacuação em áreas de risco e a disseminação de informações claras e precisas para os residentes locais.

É imprescindível que haja uma colaboração efetiva entre os órgãos responsáveis pela gestão da barragem, as autoridades municipais e a comunidade em geral para garantir a segurança e o bem-estar de todos diante dessa situação crítica. O momento exige vigilância e ação coordenada para mitigar quaisquer potenciais riscos associados ao aumento do nível da água na Barragem de Dona Francisca.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Agora no Vale

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo