Aparecida de Goiânia registra 1ª morte por ômicron no Brasil, diz prefeitura

Variante ômicron — Foto: Divulgação/Getty Images via BBC
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
mart
BANER SITE OBSERVADOR FEIRA
BANER SITE OBSERVADOR 67
1
2

Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, registrou a 1ª morte pela variante ômicron da Covid-19 no Brasil. A informação foi confirmada pela prefeitura na tarde desta quinta-feira (6). A vítima é um idoso de 68 anos portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e hipertensão arterial.
Até as 18h de quarta-feira (5), o país ainda não havia registrado nenhuma morte pela variante, conforme o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. O g1 entrou em contato com as secretarias estaduais de saúde e nenhuma registrou morte por ômicron até o momento.
Após o anúncio da prefeitura, o g1 entrou em contato com o ministério para confirmar a informação por meio de e-mail enviado às 15h05, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que ainda não foi notificada do óbito, mas que, até então, não há registros de morte pela variante em Goiás.

Vítima da ômicron
De acordo com o município, a vítima estava internada em unidade hospitalar do município. O idoso estava vacinado com três doses, segundo a prefeitura.
Especialistas explicam que a vacinação contra a Covid-19 reduz o risco de mortes pela doença e suas variantes. Os especialistas dizem ainda que os imunizantes disponíveis contra a doença são para evitar o agravamento dos casos, mas que não há garantia de que possam impedir a reinfecção pelo coronavírus.
A prefeitura informou ainda que o paciente era contactante de um caso que a Secretaria Municipal de Saúde já havia confirmado como infecção pela variante.
A confirmação do primeiro óbito ocorre dez dias após a declaração de transmissão comunitária na cidade. Até esta quinta-feira, o município já confirmou 55 casos de ômicron. A prevalência da variante alcançou a casa dos 93,5%.
A detecção foi feita por meio do Programa Municipal de Sequenciamento Genômico, que tem feito a análise de amostras positivas de RT-PCR coletadas no município para mapear a informação genética e identificar as variantes do coronavírus em circulação.

Coronavírus em Goiás e no Brasil
Goiás tem o registro de 947.898 casos de coronavírus e 24.695 mortes pela doença, conforme a Secretaria Estadual de Saúde. Os dados são da tarde desta quinta-feira.
No Brasil, o número é de 22.184.824 casos de Covid-19 e 616.691 vidas perdidas pela doença, conforme dados do Ministério da Saúde.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
mart
BANER SITE OBSERVADOR 67
BANER SITE OBSERVADOR FEIRA
1
2

MAIS LIDAS

Sorry. No data so far.

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo