Após erro do Departamento Médico Legal, família realiza velório de morto que teve corpo trocado no RS

Após erro do DML, família realiza em Osório velório de morto que teve corpo trocado no RS — Foto: Tiago Guedes/RBS TV
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
mart
BANER SITE OBSERVADOR 67
1
2

Encontrado morto em casa, no domingo (17), em Osório, no Litoral Norte do estado, Jorge Antonio Nascimento e Silva, de 52 anos, terá o corpo velado somente nesta quinta-feira (21). O Instituto Geral de Perícias (IGP) do Rio Grande o Sul admitiu uma série de erros que levaram a uma troca de cadáveres com outra família.
A suspeita era de que ele tenha morrido de causas naturais, situação constatada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Na ocasião, o corpo foi levado para o Departamento Médico Legal de Porto Alegre, pois não havia expediente na unidade municipal.

Porém, ele foi entregue a outras pessoas, que realizaram o enterro do corpo de Jorge Antonio. A família Nascimento e Silva só recebeu o familiar na quarta (20).
“A gente só quer enterrar. Todo mundo conseguiu se despedir direitinho, e a gente está um pouco mais confortável. Fica bastante saudade. Ele era bem brincalhão, tinha bastante amizade”, comenta a filha Michele Silva.

O velório acontece na capela São José do bairro Caravajo onde ocorrerá uma cerimônia ecumênica. Depois, às 9h30, o corpo será sepultado no Cemitério Nossa Senhora Conceição, em Osório.

“É desgastante, mas graças a Deus foi resolvido, e a gente vai poder dar um velório e um sepultamento digno dele”, afirma Ubiratã Nascimento e Silva, irmão de Jorge.

 

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

 

 

ENTENDA O CASO

A família registrou ocorrência na Polícia Civil, que ainda vai avaliar se houve crime ou erro administrativo. Já o IGP justifica que a troca aconteceu após uma série de pequenos acontecimentos.

“Essa instituição não compactua com esse tipo de erro, os processos administrativos já tiveram início e faremos uma apuração séria, célere e seremos muito rígidos na apuração dos fatos que culminaram nesse triste momento”, afirmou a diretora em exercício IGP, Marguet Mittmann.

A diretora em exercício ainda manifestou solidariedade à família e lamentou o fato. Segundo ela, após tomar ciência do ocorrido, o IGP tomou as providências necessárias, judiciais e administrativas, para resolução do equívoco.

“O judiciário prontamente atendeu ao nosso pedido e nossa equipe trabalhou no sentido de reparar esse erro e devolver o corpo aos familiares”, disse Marguet.

 

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

 

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
mart
BANER SITE OBSERVADOR 67
1
2

MAIS LIDAS

Sorry. No data so far.

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo