Cães “invadem” ambulância para acompanhar dono e esperam alta em unidade de saúde

Bob e Chiara acompanham o dono. Foto: Josyane Plana / Arquivo Pessoal
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
BanneFixoSite

No início da tarde de segunda-feira (1º), na cidade de  Bauru, São Paulo, dois cachorros acabaram “invadindo” uma ambulância para acompanhar o dono. O catador de recicláveis José Antônio Pereira, 47 anos, estava passando por convulsões quando foi socorrido pelos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Contudo, todos só puderam se dirigir até a unidade de pronto atendimento (UPA) mais próxima após permitirem que os animais fossem junto. As informações são do Portal G1.

De acordo com Patrícia Iolanda Antunes, enfermeira-chefe do Samu em Bauru, tudo começou durante atendimento de um caso de paciente convulsionando. No local, a motorista Josyane Plana e a técnica de enfermagem Maria de Lourdes Pereira encontraram o catador ainda caído no chão e um pouco confuso, mas não conseguiram chegar perto do paciente porque seus cães, Bob e Chiara, avançavam em quem se aproximasse do homem.

Após descobrirem o nome dos cães, as socorristas conseguiram acalmar a dupla e colocaram o homem na maca. Mas ao acomodar o paciente na viatura, os dois entraram e ficaram ao lado dele.

— As socorristas me chamaram no nosso grupo interno, mandaram a foto dos cães dentro da viatura, e disseram que, se alguém reclamasse, elas não tiveram outra alternativa a não ser transportar os animais junto ao paciente. Elas justificaram ainda que, se não fosse assim, os cães poderiam correr atrás da ambulância e serem atropelados — explicou a enfermeira-chefe do Samu.

 A fidelidade demonstrada pelos cães não terminou no desembarque do paciente na UPA. Como o catador de recicláveis precisou passar a noite em observação, Bob e Chiara se deitaram na porta da sala de emergência e passaram a madrugada à espera do dono.  Na manhã desta terça-feira (2), José Antônio teve alta e pôde reencontrar seus amigos fiéis antes de voltar para casa.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Josyane Plana / Arquivo Pessoal
Bob e Chiara aguardaram do lado de fora pela alta do catador de recicláveis. Foto: Josyane Plana / Arquivo Pessoal
Fonte: Gaúcha ZH

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
FarmaciaVidaCoronelBicaco_Bannerok
PromoWeek_Consórcios_BannerSite_300x266px (1)

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova
Sellnet2