Cenário de perigo: RS terá chuva excessiva semelhante aos extremos de 2023, aponta MetSul

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

A MetSul Meteorologia adverte para um cenário de intensa instabilidade e perigoso por excesso de precipitação e risco de temporais nestes últimos dias de abril e no começo de maio no Sul do Brasil, em particular no estado do Rio Grande do Sul, onde a chuva deve ser mais excessiva com acumulados de precipitação muito altos até extremos.

O cenário que se apresenta para este fim de abril e o início de maio guarda bastante semelhança com aqueles do segundo semestre do ano passado que trouxeram temporais e chuva excessiva no fim do inverno e durante a primavera, no auge do episódio do fenômeno El Niño.

Os acumulados devem ser tão altos em alguns pontos em tão curto período, em apenas cerca de uma semana, que grande número de localidades gaúchas pode atingir 100% a 200% da precipitação média histórica de abril ou maio, o que pode acarretar uma série de riscos e transtornos à população.

Porto Alegre e Região Metropolitana também devem sofrer com os volumes altos de chuva neste fim de abril e o começo de maio, com momentos em que a chuva pode ser moderada a forte, embora em vários períodos a chuva seja de intensidade fraca com alguns intervalos de melhoria.

Todos os modelos numéricos de previsão do tempo analisados pela MetSul Meteorologia indicam acumulados excessivamente altos para os próximos sete a dez dias no Sul do Brasil e, especialmente, no Rio Grande do Sul. A grande maioria das cidades gaúchas deve somar no período marcas de 100 mm a 150 mm, ou seja, o que costuma chover em um mês nesta época do ano, mas em vários pontos pode chover muito mais.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

 

Cheias de rios e estradas afetadas
A persistência da chuva por vários dias deve provocar ainda inundações e prováveis cheias de vários rios com enchentes. Algumas estradas, particularmente municipais e rurais, devem se tornar intransitáveis com prováveis trechos e pontilhões cobertos pela água. Com a perspectiva de forte correnteza, trechos alagados devem se terminantemente evitados sob perigo de acidentes fatais.

Além da chuva excessiva, um risco neste fim de abril e no começo de maio no Sul do Brasil, é o de temporais. Isso porque a instabilidade será constantemente alimentada por ar quente, o que favorecerá a formação de nuvens muito carregadas, que poderão provocar tempestades isoladas com muitos raios, queda localizadas de granizo e ocasionais vendavais isolados.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Correio do Povo

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo