Com atuação de frentes frias, chuva deve persistir no Rio Grande do Sul até segunda-feira

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
postedeatendimentosite

A quinta-feira (26) amanheceu de tempo fechado em todo o Rio Grande do Sul. Uma frente fria associada a áreas de instabilidade entre Argentina, fronteira oeste do Estado e Paraguai provoca chuva em todas as regiões, em qualquer momento do dia. Esse cenário de instabilidade deve permanecer no Rio Grande do Sul pelos próximos dias, e o sol deve aparecer novamente somente na terça (31), de acordo com a Climatempo.

Na sexta-feira (27), essa frente fria se afasta, o que terá como consequência mais chuva, que deve vir acompanhada de trovoadas para todo o Estado. Há risco de temporal para Porto Alegre e Região Metropolitana, Extremo Sul, Litoral e Região Central. Não há chances de granizo, mas a região costeira e Extremo Sul podem ter ventos mais fortes, com intensidade de 40km/h.
A região da Fronteira Oeste terá precipitações pontuais, enquanto áreas do Norte, que fazem divisa com Santa Catarina, e da Serra, terão o dia marcado pela chuva, mas com volumes não tão altos. Os acumulados serão moderados — 20 a 40 milímetros de maneira geral. A região de Santa Maria deve ter uma chuva mais volumosa, com previsão de 50 milímetros, o que representa 35% da média esperada para o mês.

No sábado, uma nova frente fria se aproxima do Rio Grande do Sul. Áreas do Norte do Estado, especialmente na divisa com Santa Catarina, terão chuvas volumosas e intensas, acompanhadas de tempestades, que ocorrem durante o dia todo. As demais regiões do Estado seguem com previsão de chuva, mas mais pontual e fraca. Em Porto Alegre, por exemplo, o acumulado deve ser de 10 milímetros, concentrados na parte da madrugada e da manhã.

Essa frente fria, que no início do dia estará na altura do Uruguai, avançará pelo Estado. É no domingo (29), então, que a influência dela poderá ser sentida pelos gaúchos: a chuva volta com força em todas as regiões, com risco de temporal especialmente na região Noroeste. Os acumulados ficarão entre 20 a 30 milímetros, o que representa 20% a 30% da média prevista para o mês.

Durante esses dias, as temperaturas mínimas no Estado ficarão entre 15ºC e 17ºC, enquanto as máximas devem marcar 19ºC a 20ºC. De acordo com a Climatempo, a sensação deve ser de frio, sobretudo porque há pouca variação de temperatura, e, embora na parte da manhã as mínimas não sejam tão baixas, os termômetros não terão mudanças significativas durante a parte tarde.
Sol e frio
Na segunda-feira (30), a frente fria se afasta, e a chuva diminui em todo o Estado. Ainda há risco de acumulados, mas o dia deverá ser marcado pelo tempo nublado, com chances de garoa no Litoral Norte, na Serra e Norte. As temperaturas despencam, e as mínimas devem ficar de 9º a 12ºC.

É na terça-feira (1º) que o sol volta a aparecer no Rio Grande do Sul, ainda que de forma tímida, entre nuvens. Junto com o tempo estável, vem mais uma queda nos termômetros. Isso porque, atrás da frente fria que estava atuando sobre o Rio Grande do Sul, uma massa de ar frio irá se aproximar do Estado.

Assim, a partir de terça-feira, os gaúchos sentirão o tempo seco e temperaturas baixas, semelhantes às que marcaram a terceira semana de maio. As mínimas devem ficar entre 5ºC e 8ºC em todo o Estado.

Fonte: GZH

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
postedeatendimentosite

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo