Com possibilidade de onda histórica de frio, temperaturas devem despencar na próxima semana

A partir de terça-feira (17), gaúchos devem sentir uma queda mais brusca nos termômetros. Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

Embora o Rio Grande do Sul tenha registrado, nas últimas semanas, temperaturas mais baixas, incluindo mínimas abaixo dos 5ºC, o Estado ainda não vivenciou neste ano o frio intenso e contínuo de modo generalizado. Entretanto, isso deve mudar a partir da próxima semana, incluindo a possibilidade de onda histórica de frio para esta época do ano.

De acordo com a Climatempo, as temperaturas caem já nesta sexta-feira (13). Em Porto Alegre, por exemplo, a mínima dever ser de 11ºC. Em Passo Fundo, 8ºC, enquanto em Caxias do Sul a menor temperatura do dia deve ser 7ºC. Já em Cambará do Sul, a mínima será de 3ºC. As máximas, de modo geral, devem ficar entre 17ºC e 20ºC no Estado. Há risco de geada, especialmente nos Campos de Cima da Serra, mas com poucos danos para a agricultura.

É especialmente a partir de terça-feira (17) que as temperaturas devem ter uma queda mais brusca no Rio Grande do Sul.  Segundo a Climatempo, uma frente fria avança no fim de semana, acompanhada de um ciclone extratropical — que vai ficar parado por vários dias no oceano — e de uma intensa massa de ar polar.

É essa massa de ar polar que será a responsável por derrubar as temperaturas de forma significativa, provocando uma sensação de frio intenso em todo o Estado. Os modelos meteorológicos indicam, inclusive, a possibilidade de recordes nos termômetros.

Embora ainda seja cedo para cravar as temperaturas previstas para a próxima semana, praticamente todas as regiões podem ter mínimas abaixo de 10ºC, incluindo temperaturas negativas. As máximas, de forma generalizada, não devem chegar a 20ºC. Como de costume, a região serrana deve sentir de forma mais intensa o frio. Há possibilidade de geada para todo o Estado, mas desta vez com risco de maiores danos à agricultura do que a geada desta sexta-feira (13) .

Essas baixas temperaturas serão combinadas com um tempo estável em praticamente todo o Estado, tendo uma semana caracterizada por sol e frio. Região Metropolitana e regiões Sul, Norte e Fronteira Oeste não têm previsão de chuva. A única região que deve registrar instabilidades é a Serra, especialmente na terça e na quarta-feira (18), mas são pancadas isoladas, rápidas e com volumes baixos.

 

Chance de neve

Embora bem remota, há, de acordo com a Climatempo, possibilidade de neve no Rio Grande do Sul. Isso porque os ventos frios da massa de ar polar vão se espalhar sobre o Brasil e o ciclone no oceano ajuda a levar um pouco de umidade para o continente.

A junção da umidade com o ar frio cria condições para neve ou alguma outra precipitação invernal, especialmente nos pontos mais altos da serra gaúcha na terça e na quarta-feira.

Fonte: GZH

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova