Enchente se agrava e atinge marcas jamais vistas no Sul Gaúcho

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

A enchente piorou muito nas últimas horas no Sul do Rio Grande do Sul e atinge agora marcas jamais antes registradas com a elevação acentuada das águas da Lagoa dos Patos, que recebe o volume extraordinário de água vindo dos rios do Centro e da Metade Norte do estado, além do Rio Camaquã. O Canal São Gonçalo, em Pelotas, atingia no começo da manhã de hoje a cota de 3,00 metros. Houve uma elevação superior a 20 centímetros desde ontem do canal, o que acabou por agravar as inundações na região. O São Gonçalo superou na noite de quarta-feira a cota máxima da enchente de 1941, que já havia sido igualada no domingo, de 2,88 metros, ao atingir 2,89 metros e seguiu subindo durante a madrugada desta quinta-feira até alcançar os 3,00 metros. De acordo com a Prefeitura de Pelotas, o número de pessoas mantidas em abrigos administrados pelo município subiu e deve se elevar ainda mais com o agravamento das enchentes. São 673 abrigados, além dos milhares em casas de amigos e familiares e em abrigos mantidos por voluntários.

Em São Lourenço do Sul, a enchente da lagoa também é recorde. O nível da Lagoa dos Patos ultrapassou a marca história de 1941, de 2,80 metros. No final da tarde de ontem, a régua em São Lourenço indicou 2,81 metros às 18h. Na madrugada desta quinta-feira, o nível da Lagoa dos Patos continuou a subir em São Lourenço do Sul. De acordo com medição das 8h desta quinta-feira, a régua marcava a lagoa com 2,85 metros no município do Sul do estado. Com o agravamento da enchente e a subida das águas, o número de ruas alagadas ou inundadas em São Lourenço do Sul aumentou. A Defesa Civil do Município solicitou a evacuação das áreas de risco. A situação é mais grave nas margens da Lagoa dos Patos e dos Carahá e São Lourenço. O agravamento da enchente e rápido não surpreende. Com o forte vento do quadrante Sul pelo ar frio entre segunda e terça, a grande onda de vazão foi retida. Uma vez que o vento mudou e não havia mais o represamento pelo vento de Sul para Norte, a grande quantidade de água voltou a descer para áreas da margem Sul da lagoa. A enchente está perto do pico nas cidades do Sul do estado, mas o nível vai variar muito nos próximos dias, de acordo com a direção e velocidade do vento. Assim, haverá dias alternados de melhora e piora da situação conforme as condições do vento. A cheia, no entanto, ainda vai durar várias semanas porque o nível do Guaíba em Porto Alegre, mesmo baixando, segue em cotas altíssimas.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: MetSul

https://metsul.com/enchente-se-agrava-e-atinge-marcas-jamais-vistas-no-sul-gaucho/ .

 

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo