Engenheiro gaúcho de 26 anos morre após realizar cirurgia plástica em clínica de SC

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

O engenheiro civil Larson Mateus Tissiani morreu após passar mal na cidade de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, nesta quinta-feira (28). Tissiani havia realizado um procedimento cirúrgico em uma clínica de estética no município poucas horas antes. Ainda no local passou mal, foi intubado e levado para um hospital. O episódio está sendo investigado pela Polícia Civil.

Tissiani tinha 26 anos, era natural de Nonoai (RS), mas morava em Chapecó. Segundo a Polícia Civil, ele teria passado mal logo depois do procedimento de saúde realizado na quarta-feira (27). A polícia preferiu não detalhar o tipo de cirurgia.

“Ele teria feito esse procedimento em uma clínica, passou mal, foi levado para o hospital e em razão do quadro clínico foi a óbito”, afirmou o delegado regional Ricardo Casagrande.

O jovem foi internado em um hospital particular naquela noite e morreu na manhã seguinte, por volta das 4h30. “Há uma indicação de que teria ocorrido uma embolia pulmonar. Ele fez uma cirurgia e o quadro dele se agravou”, completou Casagrande. A embolia pulmonar é uma condição grave que surge quando um coágulo entope um dos vasos que leva sangue para o pulmão.

A Polícia Civil de Chapecó investiga se a morte tem relação com o procedimento realizado no engenheiro, bem como aguarda a conclusão dos laudos periciais. Também informou que o inquérito será conduzido pela delegacia de área, que deve ouvir testemunhas e coletar outras informações sobre a morte.

A Polícia Científica de Santa Catarina afirmou ainda não ter informações oficiais sobre a causa do óbito. A reportagem teve acesso à declaração de óbito do jovem, que aponta como causa “tromboembolismo pulmonar; pós operatório cirurgia plástica”.

O ND+ fez contato com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica — Regional SC, mas foi informado que não poderia prestar informações neste momento. O CRM-SC (Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina) disse que ainda não recebeu nenhuma notificação sobre esse caso.

Despedida

O velório de Larson foi realizado em Nonoai (RS) e depois o corpo foi cremado em Passo Fundo (RS), na manhã desta sexta-feira (29).

A empresa onde Larson trabalhava lamentou o ocorrido e manifestou solidariedade a toda família do profissional. Também informou que suspendeu as atividades na quinta-feira.

Amigos e colegas dele prestaram homenagens nas redes sociais. “Hoje um menino de ouro partiu! Sempre tão educado e humilde. Enfim hoje às palavras não fazem sentido. Não há o que dizer, somente confiar em um Deus que sabe de todas as coisas”, escreveu uma amiga no Facebook.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: ND

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova