Força-tarefa da Secretaria da Saúde começa a atuar no Noroeste do Estado contra a dengue

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB - 40 anos feed (1080x1080)_page-0001

Para intensificar as ações contra a dengue, a força-tarefa da Secretaria da Saúde (SES) passou a atuar nesta quarta-feira (21/2) diretamente no apoio aos municípios da Região Noroeste no combate à dengue.

A equipe é formada por profissionais de saúde e gestores do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) e dos Departamentos de Atenção Primária e Políticas de Saúde (DAPPS) e Gestão da Atenção Especializada (DGAE). O grupo desenvolve atividades de orientação às equipes dos municípios.

“A nossa ideia é vir apoiar os municípios e a nossa Coordenadoria Regional de Saúde e traçar estratégias no combate à doença de acordo com o que a gente vem trabalhando, a partir de um diagnóstico situacional baseado na região e nos municípios”, destacou o diretor-adjunto do Cevs, Marcelo Vallandro. “Atuamos no combate ao vetor nas suas diferentes fases, com a colocação de produtos, como inseticidas e larvicidas, mas também no apoio ao diagnóstico na rede assistencial para garantir à população seu tratamento, evitando casos graves e óbitos.”

Na tarde desta quarta-feira, os integrantes da força-tarefa se reuniram no auditório da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), em Frederico Westphalen, com gestores de saúde dos municípios que fazem parte da área da 2ª CRS.

“Temos que estar muito conscientes. Todo cidadão é responsável pelo combate à dengue em seu ambiente de casa e do trabalho. Também temos ações, com estudantes, com servidores, que estão envolvidos nessa questão. É uma situação preocupante, mas temos como vencer a dengue”, disse o prefeito do município, José Alberto Panosso,

Estiveram presentes representantes de Alpestre, Barra do Guarita, Bom Progresso, Caiçara, Cristal do Sul, Derrubadas, Esperança do Sul, Frederico Westphalen, Iraí, Novo Tiradentes, Palmeira das Missões, Palmitinho, Pinheirinho do Vale, Planalto, Rodeio Bonito, Seberi, Taquaruçu do Sul, Tenente Portela, Tiradentes do Sul, Três Passos, Vicente Dutra e Vista Gaúcha.

Diante do auditório lotado, a equipe da Secretaria da Saúde apresentou informações sobre a atual situação da dengue no Rio Grande do Sul e do país, que apontam para uma alta no número de casos este ano em comparação com 2022 e 2023.

“Não é o Rio Grande do Sul ou o Noroeste do Estado. O Brasil está vivendo uma epidemia de dengue”, explicou Vallandro. Ele ressaltou a importância da parceria entre Estado, municípios e população no combate à doença. “Não é só um problema de saúde. A união de todos é que fará a diferença na solução do problema.”

Na quinta-feira (22/2) pela manhã, a equipe visitará Tenente Portela, município que registra, nesta quarta-feira, 1.256 dos 5.695 casos de dengue no Estado.

À tarde, está prevista a visita a uma área indígena em Redentora. Também haverá uma reunião, no município, com prefeitos, secretários e gestores de saúde, além de lideranças indígenas. Na ocasião, será apresentado um plano de contingência e as competências de cada esfera governamental.

por Ascom SES

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB - 40 anos feed (1080x1080)_page-0001

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo