Funcionário Público é indiciado por suspeito de cobrança para confeccionar Carteira de Identidade na Região Celeiro

Na data de hoje, 09 de junho de 2021, a DELEGACIA DE POLÍCIA DE CRISSIUMAL remeteu ao à justiça um inquérito policial instaurado para a apuração do CRIME DE CONCUSSÃO, descrito no art. 316 do Código Penal. A pena máxima do crime pode chegar a doze anos de reclusão.
O fato investigado refere-se à exigência indevida de valores para encaminhar a confecção da primeira via de carteiras de identidade (RG) que, segundo a lei, é gratuito. Um funcionário da administração pública municipal foi indiciado.
Conforme o delegado William Garcez, responsável pela investigação, os elementos de informações e provas colhidas no inquérito policial apontam que a cobrança indevida ocorreu em diversos casos e que o agente público recebia pessoalmente (em mãos) alguns valores.

William Garcez,
Delegado de Polícia.

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider

VÍDEOS

Mais notícias

Acidente na ERS-330 deixa feridos, em Miraguaí
Por volta das 17 horas da tarde desta terça-feira,...
Grave acidente de trânsito deixa feridos na ERS-591 em Ametista do Sul
No início da tarde desta terça-feira, 22, um grave...
Chiapetta: Prefeito Eder Both participa do lançamento do Programa Pavimenta
Em busca de iniciativas e investimentos ligados a área...
(Confira Vídeo) Secretário dos Transportes anuncia construção da ponte que liga Braga/Campo Novo
Nesta terça-feira (22) o Secretário Estadual de Logística e...
Redentora: Administração Municipal dá continuidade ao Programa Busca Ativa Escolar com a participação do PIM/Criança Feliz
A Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Educação...