Governo do RS vai permitir reabertura do comércio a partir de 22 de março, com novos protocolos

Para retomar a cogestão, o governo de Eduardo Leite estabelece como regra a renovação dos planos já encaminhados. Foto: Itamar Aguia / Palácio Piratini/Divulgação

O Governo do Estado vai liberar o retorno da cogestão no sistema de distanciamento controlado a partir de 22 de março, mas com mudanças a serem aplicadas pelos municípios diante dos números em elevação da pandemia. No documento apresentado a empresários nesta terça-feira (16), ao qual GZH teve acesso, são estabelecidas novas medidas de distanciamento controlado para a bandeira vermelha. Com o retorno da cogestão, uma região que ficar em bandeira preta, por exemplo, poderá adotar protocolos da vermelha:

– Comércio não essencial somente de 2ª a 6ª feira, até 20h (entrada até 19h);
– Restaurantes, bares e lanchonetes sem restrição de dias, até 17h (entrada até 16h);
– Hotéis e alojamentos com lotação máxima de 50% com Selo Turismo Responsável e 30% sem Selo Turismo Responsável;
– Adequações nos protocolos para demais atividades seguem sendo analisadas;

Protocolos básicos para todas as atividades:

– Uso obrigatório e correto de máscara, cobrindo boca e nariz sempre;
– Distanciamento interpessoal;
– Higienização das mãos e das superfícies de toque com álcool 70 ou similar;
– Ventilação cruzada (janelas e portas abertas) e/ou sistema de renovação de ar.

Para retomar a cogestão, o Piratini estabelece como regra a renovação dos planos já encaminhados pelas associações regionais de municípios, “considerando o atual cenário epidemiológico da doença e a capacidade do sistema hospitalar, as mudanças de protocolos e a necessidade de garantia de mecanismos de fiscalização”.

Conforme o governo, as regiões poderão adotar medidas mais flexíveis que a bandeira final, mas não menos flexíveis que a bandeira imediatamente inferior. A cogestão segue vedada para a educação. Ou seja, uma região que ficar na bandeira preta não poderá retomar aulas presenciais, mesmo podendo adotar protocolos de bandeira vermelha.

O documento encaminhado aos empresários reforça que os municípios seguirão podendo adotar medidas mais restritivas do que as acertadas na cogestão e as definidas pela bandeira final da região.

O governo confirma que vai manter o fechamento de atividades das 20h às 5h até 30 de março. A novidade é que essa regra vai vigorar por mais tempo, mas nos finais de semana (sexta, sábado e domingo), durante todo o mês de abril.

Nesta terça-feira (16), o RS registrou 502 mortes por coronavírus, um recorde desde o início da pandemia.

 

Linhas de crédito

O Governo do Estado também vai anunciar linhas de crédito para pessoas físicas e jurídicas no Banrisul, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e Badesul. Mais detalhes em seguida.

 

Fonte: Gaúcha ZH

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

MAIS LIDAS

VÍDEOS

Mais notícias

Acidente envolve três motos e uma jovem morre na BR 472 em Três de Maio
Um acidente envolvendo três motocicletas resultou na morte de...
Jovem de 18 anos é encontrado sem vida às margens da BR-392, no Noroeste do RS
Bruno Andrzejewski, 18 anos, foi encontrado sem vida, na...
Cientistas criam embriões que são quimeras de macacos e humanos
Na biologia, uma das formas de se estudar os processos...
Jovem é encontrado morto em um pomar em Vacaria
Um rapaz de 22 anos, natural de Dourados no...
“A gente vai morrer..”, disse influenciadora digital pouco antes de morrer em acidente de trânsito
Uma jovem influenciadora digital morreu com outros dois amigos...