Grande quantidade de droga que estava enterrada é apreendida no Noroeste do RS

O 14º Batalhão de Polícia Militar realizou ontem, 31, na Rua General Osório, no Bairro Jauri, em São luiz Gonzaga, uma operação que resultou na apreensão de maconha, armamento, munições, entre outros itens utilizados na prática do crime de tráfico de drogas. Conforme o Major Eduardo dos Santos Brum, há algum tempo os serviços de inteligência vinham reunindo informações de que “indivíduos que não pertenciam à localidade estariam se instalando no local para a prática de atos criminosos”.

Ontem, quando foi deflagrada a ação, os militares tinham recebido o informe de que no local havia chegado um carregamento de armas e que elas seriam utilizadas para a prática de roubo na região, possivelmente contra uma propriedade rural. Diante das informações, a equipe tática esteve no local – o pátio é aberto – e por uma janela visualizaram uma arma. Os policiais então foram até o local de suposto trabalho do indivíduo e o levaram até a residência. Com o auxílio do cão farejador, a equipe então identificou onde a droga estava enterrada. Foi necessário utilização de uma retroescavadeira para retirar a droga.

Ao todo, foram apreendidos 12 tijolos grandes e 04 tijolos pequenos de maconha, totalizando aproximadamente 8,720 kg; uma espingarda calibre 12; 10 cartuchos calibre 12; um veículo Vectra; uma moto XRE 300; dois rádios comunicadores; dois pacotes de pino para cocaína; um celular Samsung; um galão de 50 litros (no qual estavam escondidas as drogas); um cano de esgoto 150 mm; 10 chips de celulares; R$ 64,00 em cédulas diversas; dois cabos de revólver de borracha. Além disso, foram encontrados envelopes de depósito bancário, indicando que estariam sendo feitos pagamentos a terceiros.

O indivíduo foi preso e levado à Delegacia de Polícia. No local, por entendimento da autoridade policial, foi feita ocorrência e ele foi liberado. O delegado entendeu que como o homem não estava na residência não ocorreu a flagrância.

O Major disse que não questiona a decisão, mas que entende que o crime de tráfico de drogas é permanente. “O traficante está permanentemente cometendo o delito. O crime não é somente a venda, a configuração do tráfico tem uma série de outras características dentre elas guardar ou ter em depósito. Não importa se ele está presente no local ou não. Ele assumiu e por conta disso foi levado”, destacou.

Em 90 dias, a Brigada Militar já realizou aproximadamente 32 flagrantes envolvendo tráfico de entorpecentes em São Luiz Gonzaga. Brum destaca que ações como essa são uma resposta para a comunidade e contribuem para diminuir os demais crimes como furtos e roubos.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

Fonte: Rádio São Luiz

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider

VÍDEOS

Mais notícias

RS detalha calendário de vacinação com primeira dose até 20 de setembro
O governo do Rio Grande do Sul reafirmou nesta...
Tenente Portela: Polícia Civil prende homem e apreende drogas durante Operação Narco Brasil
Na manhã desta quinta-feira 24 de junho, a Delegacia...
Acidente com vítima fatal na BR-285 no Noroeste do RS
Um acidente de trânsito com morte foi registrado na...
ATENÇÃO: Colisão entre uma carreta e um caminhão na BR 158 entre Cruz Alta e Tupanciretã
Na manhã desta quinta-feira (24) ocorreu um acidente envolvendo...
Incêndio atinge estabelecimento comercial em Santo Augusto
Por volta das 12h30min desta quinta-feira (24) um incêndio...