Identificação de corpo de caminhoneiro bicaquense será através de DNA

O corpo do caminhoneiro e radialista, Andersom Barbosa, de 36 anos, está no IML de Porto Alegre e a identificação vai ser feita através de exame de DNA, pois foi carbonizado devido ao acidente de trânsito que aconteceu no final da manhã de ontem, 13, na BR 386, no município de Estrela, região do Vale do Taquari.

Barbosa era natural de Coronel Bicaco, mas residia em Coronel Barros e atualmente trabalhava na empresa TRR Lambari de Ijuí, com transporte de combustíveis. O caminhoneiro conduzia um caminhão tanque, carregado com combustível, que explodiu após tombar na rodovia, sobre a ponte do Arroio Boa Vista.

Informações apontam que o veículo se chocou contra a mureta da ponte, tombou e incendiou. Ele estava sozinho no veículo. Andersom Barbosa trabalhou deixa a esposa e duas filhas.

A prefeitura de Coronel Bicaco divulgou nota de pesar pela morte de Barbosa. Ele também atuou como assessor de impressa do município.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

MAIS LIDAS

VÍDEOS

Mais notícias

Três Passos: Polícia Civil prende mulher em flagrante delito de tráfico de drogas
Na noite desse domingo (18), os policiais civis da...
Acidente envolve três motos e uma jovem morre na BR 472 em Três de Maio
Um acidente envolvendo três motocicletas resultou na morte de...
Jovem de 18 anos é encontrado sem vida às margens da BR-392, no Noroeste do RS
Bruno Andrzejewski, 18 anos, foi encontrado sem vida, na...
Cientistas criam embriões que são quimeras de macacos e humanos
Na biologia, uma das formas de se estudar os processos...
Jovem é encontrado morto em um pomar em Vacaria
Um rapaz de 22 anos, natural de Dourados no...