Indígenas bloqueiam ERS-324 novamente nesta manhã

Plantão
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

Um grupo de indígenas da Reserva da Serrinha bloqueia novamente a ERS 324, em Ronda Alta, a partir das 8h desta terça-feira (14). O bloqueio ocorre na altura da Comunidade do Alto Recreio, próximo também de Três Palmeiras, assim como foi ontem. O motivo é um protesto contra a volta para a aldeia de um grupo indígena contrário ao Cacique, que foi preso na semana passada em ação da Polícia. A Uirapuru entrou em contato com o Batalhão Rodoviário da Brigada Militar de Nonoai, que atende a ocorrência, a qual informou que, ontem, o bloqueio era feito a cada hora, gerando longas filas. Quando ocorria a liberação momentânea, devido à fila, muitos acabavam nem conseguindo sair do local.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Operação policial

A Polícia Federal deflagrou, na semana passada, a Operação “Kãgtén”, para apurar a autoria e circunstâncias de dois homicídios ocorridos da Terra Indígena da Serrinha, no município de Ronda Alta, no dia 16 de outubro deste ano, além de outros delitos praticados, como tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e incêndio criminoso.Policiais federais, com apoio da Brigada Militar, cumprem na comunidade indígena e na cidade de Ronda Alta, nove mandados de prisão preventiva contra os envolvidos no duplo homicídio e 16 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Passo Fundo. A informação obtida pela Uirapuru no local é que o cacique e seus apoiadores foram presos.

A investigação indica que aproximadamente vinte indígenas, que haviam sido expulsos da comunidade, estavam reunidos com o objetivo de protestar contra a liderança da Serrinha, quando foram cercados e surpreendidos por um grupo armado de dezenas de apoiadores ligados ao cacicado, que dispararam contra os manifestantes e atingiram os dois indígenas que foram mortos. O restante do grupo que protestava conseguiu fugir, apesar de ser perseguido e de ter sofrido disparos de arma de fogo.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Rádio Uirapuru

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova