Mais de 1 mil veículos são flagrados acima da velocidade permitida na ERS-239 no fim de semana

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

Cerca de 1.019 veículos foram flagrados trafegando acima da velocidade permitida na ERS-239, rodovia que fica na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, no fim de semana. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar, em áreas urbanas o limite é de 60km/h, nos outros pontos pode chegar a 80km/h.

A operação está sendo realizada pelo 3º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, com uso de rafar portátil. Alguns motoristas foram flagrados acima de 120km/h.

A rodovia registrou, de janeiro a outubro, 300 acidentes de trânsito e 18 mortes.

A fiscalização aconteceu diversos pontos da ERS-239, nos locais onde são apontados os maiores índices de acidentalidade. Na sexta (8), a polícia já havia flagrado um motorista dirigindo a 153km/h na rodovia.

Entre a noite de sexta (8) e madrugada de sábado (9), agentes de segurança realizaram uma operação integrada em Campo Bom, Sapiranga e Parobé. O objetivo da ação era fiscalizar locais onde os motoristas vão antes de pegar a estrada, como casas noturnas e bares.

Três boates foram interditadas, 38 veículos foram fiscalizados. Destes, oito foram autuados por infração de trânsito, quatro por se recusarem a fazer o teste do bafômetro, além de terem sido apreendidas drogas. Os agentes também autuaram pessoas por aglomeração e não uso da máscara de proteção.

 

Últimas mortes na rodovia

No dia quatro de outubro, um homem de 24 anos morreu após ser projetado para fora do veículo que capotou na ERS-239 em Araricá. O condutor teria perdido o controle do carro, batendo na vala central divisora da pista e capotando no sentido oposto ao que ele trafegava. Ele morreu no local.

Alguns dias antes, em 27 de setembro, na mesma rodovia, Telmo Caravetta de 72 anos morreu atropelado. Segundo a polícia, a vítima atravessava a rodovia a pé quando foi atingido por um motociclista de 50 anos. O idoso morreu na hora.

Outro atropelamento na ERS-239 aconteceu no dia 26 de setembro. Mauro Roni Hartmann, de 52 anos, andava pela rodovia, empurrando um carrinho de bebê onde estava a neta, de dois anos, quando foi atingido por um carro. Antes disso, ele conseguiu jogar a criança para fora da rodovia. Mauro morreu no local.

O motorista tentou fugir, mas seu carro parou de funcionar e ele foi preso. Ele deixou a prisão após pagar uma fiança no valor de R$ 7 mil.

 

 

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

 

 

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova
Sellnet2