Mais de 1 milhão de aves mortas e 200 mil propriedades afetadas: o saldo das perdas no RS

lavoura-de-soja-afetada-enchente-enchentes-inundações-chuvas-RS — Foto: Emater-RS/Divulgação
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB-PlanoSafrafeed1080x1080

As chuvas que castigaram o Rio Grande entre 30 de abril e 24 de maio afetaram mais de 206 mil propriedades rurais com perdas na produção e na infraestrutura devido a inundações e deslizamentos. Além disso, um total de 34,5 mil famílias do campo ficaram sem acesso à água potável. Os dados foram divulgados em relatório da Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS-Ascar).

A Emater-RS não divulgou prejuízo financeiro ao setor agro após as enchentes no Estado. Mas, cálculos mais recentes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostram que as chuvas provocaram uma perda superior a R$ 3,3 bilhões para o agronegócio gaúcho.

Durante o período de chuvas intensas, 9,1 mil localidades foram atingidas no RS. Atualmente, dos 497 municípios gaúchos, 78 estão em estado de calamidade pública – a maior parte no Vale do Taquari e na Região Metropolitana de Porto Alegre –, enquanto 340 estão em situação de emergência.

No meio rural, 19,1 mil famílias tiveram perdas relativas às estruturas das propriedades, como casas, galpões, armazéns, silos, estufas e aviários. Em relação à agroindústria, dados preliminares apontam prejuízos para cerca de 200 empreendimentos familiares. Atualmente, mais de 4,5 mil comunidades rurais enfrentam problemas para escoar a produção, segundo o levantamento.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Produção agrícola

Em relação à produção de grãos, as perdas se referem às áreas que não puderam ser colhidas, ou às que foram colhidas e tiveram baixo rendimento, incluindo soja, milho e feijão, entre outros. As perdas nas culturas de inverno foram pontuais e correspondem a áreas recém-semeadas, que deverão ser replantadas. Foram prejudicados 48.674 produtores de grãos, grande parte de milho e soja.

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB-PlanoSafrafeed1080x1080

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo