Manifestação pede Justiça no caso da morte de filha de portelense em incêndio

Fotos: Daniela Scarioto/Rádio Progresso

Dezenas de pessoas participaram na tarde deste sábado (03), no município de Descanso, de uma manifestação pedindo Justiça no caso Mauricéia Estraich. A jovem morreu carbonizada no último domingo (28), durante um incêndio que atingiu sua residência.

Uma carreata, organizada por amigos e familiares, também serviu como homenagem à jovem. Vestindo camisetas personalizadas com a foto de Mauricéia e com cartazes em mãos, os participantes percorreram diversas ruas da cidade, até chegarem na frente do local aonde o incêndio aconteceu.

INVESTIGAÇÃO EM ANDAMENTO

Na última quarta-feira (31), a Polícia Civil, através de uma coletiva de imprensa, confirmou que havia prendido um homem, o qual é considerado como suspeito de ter causado o incêndio que matou Mauricéia.

A prisão, confirmada pela Polícia Civil, ocorreu em desfavor do cunhado de Mauricéia. Os trabalhos de investigação continuam e a Polícia Civil deverá repassar novas informações nos próximos dias.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

103 FM / WH Comunicações

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

MAIS LIDAS

VÍDEOS

Mais notícias

Acidente envolve três motos e uma jovem morre na BR 472 em Três de Maio
Um acidente envolvendo três motocicletas resultou na morte de...
Jovem de 18 anos é encontrado sem vida às margens da BR-392, no Noroeste do RS
Bruno Andrzejewski, 18 anos, foi encontrado sem vida, na...
Cientistas criam embriões que são quimeras de macacos e humanos
Na biologia, uma das formas de se estudar os processos...
Jovem é encontrado morto em um pomar em Vacaria
Um rapaz de 22 anos, natural de Dourados no...
“A gente vai morrer..”, disse influenciadora digital pouco antes de morrer em acidente de trânsito
Uma jovem influenciadora digital morreu com outros dois amigos...