Manifestação tem gás de pimenta, agressão e bala de borracha em SC

Manifestantes protestam em frete ao Centro de Valorização de Resíduos (CVR)(Foto: Maria Eduarda Dalponte, Diário Catarinense)
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Uma confusão envolvendo trabalhadores da Comcap e agentes das forças de segurança de Florianópolis foi registrada na tarde desta terça-feira (21) no Centro de Valorização de Resíduos (CVR), no bairro Itacorubi, em Florianópolis. Até às 15h, servidores continuavam no local protestando contra a tercerização do serviço na Capital. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) determinou o imediato desbloqueio do local.

O grupo chegou a entrar em confronto com a Guarda Municipal de Florianópolis (GMF), que jogou spray de pimenta e disparou balas de borracha. Ao menos seis pessoas ficaram feridas. 

Os manifestantes impediram a entrada de caminhões da coleta seletiva terceirizada no CVR. O protesto começou por volta das 12h. Os funcionários da Comcap são contra a terceirização de parte da coleta seletiva na cidade. A categoria alega que uma decisão judicial proíbe que o serviço seja feito por uma empresa privada.

Por volta das 14h50min, mais caminhões chegaram ao CRV. A Guarda Municipal, a Polícia Militar e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) estão no local para tentar garantir a entrada dos veículos. Um grupo de manifestantes segue trancando a entrada do Centro. Eles chegaram a realizar uma votação para decidir se o local seria liberado, porém, a maioria decidiu por continuar o ato.

A decisão do TJSC foi publicado na tarde desta terça-feira (21). No pedido, o juiz Sérgio Roberto Baasch Luz disse que já havia outra decisão judicial impedindo o sindicato de realizar qualquer bloqueio no local e que, portanto, os grevistas estariam descumprindo a determinação da Justiça. 

Já a prefeitura de Florianópolis, em nota, lamentou a greve e disse que o serviço de coleta seguirá normal nas duas regiões atendidas pela empresa privada. Uma contratação emergencial deve ser feita para que o serviço não seja prejudicado pela greve.

Sobre a negociação, o prefeito Gean Loureiro (Dem) disse em entrevista à CBN, disse que o diálogo vem sendo feito de maneira tranquila para que se possa garantir a liberação. 

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Seis pessoas ficaram feridas

Durante o ato, um caminhão de lixo tentou entrar no CVR e acabou barrado pelos manifestantes. A GMF reagiu com com o spray e as balas de borracha. Três trabalhadores da Comcap foram feridos. Um deles foi levado para o Centro de Saúde do Itacorubi, com um corte na cabeça. 

Três agentes da Guarda também ficaram feridos, entre eles um agente de patrulhamento canino. Ele foi atingido por uma pedra na cabeça. Segundo a GMF, ele já foi medicado e passa bem. 

Agente da guarda foi atingido por uma pedra na cabeça

Agente da guarda foi atingido por uma pedra na cabeça

(Foto: Maria Eduarda Dalponte, Diário Catarinense)

O comandante da GMF, Valci Brasil, disse que a ação de retirada aconteceu após tentativa de negociação com os manifestantes.

— Existe um interdito impedindo os manifestantes da Comcap de bloquar a entrada dos caminhões que estão vindo com lixo. Ninguém está aqui bloqueando o direito de manifestação dos funcionários — afirmou.

Para o diretor do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrassem), Bruno Ziliotto, a decisão de impedir a manifestação foi arbitrária. 

— Não é uma greve como as outras por caminhão ou por condição de trabalho. É uma greve para manter a Comcap existindo — disse Ziliotto.

A manifestação provoca reflexos no trânsito da região. Há pontos de lentidão na Rodovia Admar Gonzaga (SC-404). Além da Guarda Municipal, a Polícia Militar também acompanha o protesto.

Veja vídeo da confusão

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

*Notícia em atualização

Fonte: NSC TOTAL

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova
Sellnet2