Ministério Público pede mais uma interdição de presídio

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
Foto: Márcia Sarmento (Jornal Folha do Noroeste)

O Ministério Público pediu na última semana, a interdição parcial do Presídio Estadual de Frederico Westphalen. A justificativa é a superlotação carcerária, existência de apenados de outros estados sem ordem judicial do Rio Grande do Sul e a periculosidade de alguns presos recolhidos ao sistema prisional.

O promotor de Justiça, João Pedro Togni, explicou que se trata de uma Ação Civil Pública, em que foi pedida a transferência de detentos que não vieram das comarcas de Frederico Westphalen, Rodeio Bonito e Seberi, além daqueles que representam periculosidade incompatível com as características da unidade prisional.

Com o reforÇÃO da Brigada Militar e da Polícia Rodoviária Federal, com o intuito de evitar possíveis resgates e por questões de segurança, na sexta-feira (10), foram transferidos cinco presos, envolvidos no assalto à agência do Banrisul de Rodeio Bonito, para o Presídio de Passo Fundo.

Postada originalmente em: 2017-03-13 18:05:00

Categoria original: Região Noroeste

Fonte: Jornal Folha do Noroeste

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova
Sellnet2