Morre, aos 67 anos, o cantor Chrystian, da dupla Chrystian e Ralf

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB - Plano Safra (feed 1080x1080)

O cantor Chrystian, que fez parte da dupla Chrystian e Ralf, morreu na noite de quarta-feira (19), aos 67 anos, em São Paulo. Segundo a assessoria do artista, ele estava hospitalizado em razão de “uma condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado”.

Em fevereiro, Chrystian havia sido internado no Hospital do Rim, na capital paulista, após ter sido diagnosticado com rim policístico. O cantor chegou a se preparar para um transplante de rim. A doação seria feita pela sua esposa, Key Vieira.

Entretanto, a cirurgia foi adiada para o final de 2024. Durante os exames pré-operatórios, o cantor precisou passar por um cateterismo. “Esse procedimento exige o uso de uma medicação para afinar o sangue por seis meses e, durante esse tratamento, não é permitido que seja realizada uma cirurgia”, afirmou a equipe do artista na época.

Após ser hospitalizado na quarta-feira, a assessoria do cantor afirmou que ele estava seguindo todas as recomendações médicas. Além disso, um show marcado para este sábado (22) em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, havia sido cancelado.

Por meio de nota, a família disse que Chrystian dedicou 60 anos da sua vida à música sertaneja. “Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil”, diz o texto. A família também agradeceu o apoio recebido por fãs, amigos e colegas de profissão.

Chrystian iniciou a carreira ainda na infância. Batizado como José Pereira da Silva Neto, o artista começou a se apresentar em um clube em Goiânia (GO) aos 6 anos. Na época, era chamado de Zezinho.

O sucesso na cidade foi tão grande que Chrystian ganhou um programa na televisão, chamado “Pinguinho de Gente”. Nos anos seguintes, ele e o irmão mais novo começaram a sonhar em se tornar uma dupla sertaneja.

Diante das oportunidades, a família decidiu levar os garotos para São Paulo. Segundo a biografia do artista, a mudança foi complicada, e os meninos passaram por dificuldades. Todos os dias, o pai das crianças levava a dupla para a porta da TV Bandeirantes, em busca de uma chance para que elas se apresentassem. A insistência deu certo, e os dois cantaram em um programa de Vicente Leporace.

Após a apresentação, a dupla conseguiu um contrato. As primeiras gravações foram feitas em português e inglês, sob os nomes de “Os Pássaros” e “Charles & Ralf”.

Em 1973, Chrystian emplacou um grande sucesso com a gravação “Don’t Say Goodbye”, que estava na trilha sonora da novela “Cavalo de Aço”, da TV Globo. À época, segundo a biografia do cantor, ele era obrigado a cantar em inglês pelas gravadoras.

Chrystian ainda gravou outros temas de novela, como “More Than You Know”, “Bird Songs”, “No Broken Heart”, “Emotions In My Heart”, “You’re So Tender” e “Love’s a Dream”.

A virada para o sertanejo começou no início dos anos 1980, quando os irmãos escolheram formar a dupla Chrystian e Ralf e lançaram o primeiro disco em 1983, com regravações. “Quebradas da Noite” tinha 12 faixas e foi sucesso de vendas, alcançando o disco de ouro.

Ainda na década de 1980, a dupla gravou a canção “Amargurado”, ao lado de Tião Carreiro. Eles também conseguiram pela primeira vez o disco de platina com o álbum “Chrystian e Ralf”, impulsionado pelo hit “Chora Peito”.

Em 1988, lançaram a música country “Saudade”, que foi um dos temas da novela “Pacto de Sangue”, da TV Globo. No mesmo ano, foram eleitos a melhor dupla sertaneja pelo Prêmio da Música Brasileira e fizeram turnê pelos Estados Unidos.

Já na década de 1990, Chrystian e Ralf rodaram o Brasil para comemorar os 10 anos de carreira. Em 1996, gravaram a canção “Minha Gioconda”, com Agnaldo Rayol. A música foi tema da novela “O Rei do Gado” e sucesso no Brasil e na Europa.

A dupla se separou brevemente no início dos anos 2000, mas voltou a trabalhar junta com o lançamento do disco “De Volta”, em 2001.

Chrystian e Ralf também tiveram papel fundamental no combate à pirataria. Em 2005, com o apoio do governo federal, desenvolveram o “Semi Metalic Disc”, ou CD genérico, que ajudou a reduzir o preço dos álbuns para o consumidor.

Ao longo da carreira, a dupla lançou 20 álbuns, além de DVDs e coletâneas. A separação definitiva aconteceu em 2021, quando Chrystian e Ralf seguiram carreira solo.

Após a separação, Chrystian voltou aos palcos com a turnê “Romance” e lançou a música “Não Dá Pra Ficar Assim”.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: O Sul

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB - Plano Safra (feed 1080x1080)

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo