MPRS denuncia 26 integrantes de uma das principais facções do Estado

O Ministério Público em Viamão denunciou 26 integrantes de uma das principais facções que atuam no Estado, entre eles, o líder do grupo na cidade e seus principais comandados, pelos crimes de tortura, lesão corporal, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e corrupção de menor. As denúncias foram oferecidas em 12 de julho e recebidas pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Viamão na quinta-feira, 15 de julho.

Na peça, o Ministério Público relata que os denunciados se associaram com a finalidade de praticar a narcotraficância, formando, assim, uma extensa organização criminosa. O grupo agia em Viamão, especialmente nos bairros São Lucas e Vila Augusta, nas paradas 41, 44, 50 e 57, como uma empresa destinada à prática de atividades ilícitas. Utilizavam armas de fogo para garantir a segurança dos pontos de tráfico e para ameaçar pessoas da comunidade, devedores ou rivais.

Para demonstrar autoridade, em 13 de janeiro, por exemplo, parte do bando torturou um homem em um matagal conhecido como cemitério da facção. Amarrado a uma árvore com a camiseta na boca, foi espancado por quatro integrantes do grupo. Por fim, levou dois tiros na perna e no pé direito em represália pelo desaparecimento de drogas no ponto de tráfico localizado na parada 50.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: MPRS

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider