MPRS denúncia nove pessoas envolvidas no homicídio de três-passense, na cidade de Progresso

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) em Lajeado denunciou nove pessoas envolvidas no homicídio de Eloete de Oliveira, de 54 anos, ocorrido no mês de fevereiro deste ano, na cidade de Progresso, no Vale do Taquari. Segundo a investigação, que embasou a denúncia, o crime foi motivado por desavenças relacionadas a uma dívida que um dos denunciados tinha com a vítima e seu companheiro. Este denunciado encomendou a execução do crime com um suspeito de ser líder regional de organização criminosa, efetuando pagamento de vantagem econômica.

O promotor de Justiça Marcos Eduardo Rauber, que atua na comarca de Lajeado, denunciou oito pessoas por homicídio qualificado por motivo torpe, mediante pagamento e com emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima. No entendimento do MPRS, os denunciados cometeram o crime em conjunto com um adolescente. Dos oito denunciados pelo homicídio, sete também foram acusados pelos crimes de ocultação de cadáver e corrupção de menor.

A denúncia também atribuiu a um dos envolvidos a prática do crime de aquisição e utilização de veículo automotor com sinal identificador adulterado, o qual foi utilizado na ação criminosa e, posteriormente, incendiado. Por fim, os oito denunciados pelo homicídio e mais outro indivíduo, que integrava o grupo criminoso e auxiliou a incendiar o automóvel usado pelos investigados, foram denunciados por organização criminosa. Desta forma, chega a nove o total de pessoas envolvidas nos crimes.

O promotor Marcos Rauber destacou que a Justiça recebeu a denúncia, encaminhada há cerca de 10 dias para o Poder Judiciário. Oito denunciados estão presos e um ainda se encontra foragido.

O CRIME

No dia 13 de fevereiro deste ano, homens armados entraram na casa de Eloete, atiraram nela e a levaram do local, juntamente com seu telefone celular e o aparelho do marido dela, que conseguiu fugir do local por uma das janelas da casa. Ele buscou socorro na residência de vizinhos. A polícia foi acionada e encontrou vestígios de sangue na residência. O corpo da vítima foi localizado oito dias depois, em uma ribanceira, às margens de uma estrada, no interior do município de Sério, também no Vale do Taquari. Além disso, foi encontrado um automóvel incendiado, sendo identificado como um dos veículos utilizados na ação criminosa, conforme imagens de câmeras de videomonitoramento.

Fonte: MPRD

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
Campanha Sobras - 1080X1080

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo