Mulher dada como morta se levanta de caixão

Uma mulher, identificada como Crescencia Bogado, foi declarada morta por problemas respiratórios no Hospital Regional de Ciudad del Este, no Paraguai, nesta quarta-feira (10), porém, ela acordou quando estava dentro do caixão em sua casa, localizada em Hernandarias.

Familiares disseram que Bogado entrou na quarta-feira no Hospital Regional de Ciudad del Este, proveniente do Hospital Distrital local, por insuficiência respiratória aguda, sob suspeita de sofrer de Covid-19. Lá, às 14h de ontem, foi dada como morta pelos médicos de plantão.

De acordo com os dados, a mulher deu sinais de vida pouco antes do meio-dia desta quinta-feira (11), quando se mexeu no caixão no meio do velório, por isso seus familiares avisaram à imprensa. Um médico identificado como Ronald Escobar chegou à casa, e ao inspecionar o pulso e os batimentos cardíacos confirmou que a paciente realmente ainda estava viva.

Seus parentes a transferiram novamente em veículo particular para o hospital distrital, pois o profissional afirmou que ela necessitava de oxigênio.

No hospital, pouco tempo após a mulher retornar, ela não resistiu e faleceu de verdade. Os familiares estão acusando os médicos por negligência.

Fonte: Foz Portal

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

MAIS LIDAS

VÍDEOS

Mais notícias

Gafanhotos gigantes assustam moradores de Santa Catarina
Gafanhotos gigantes que começaram a aparecer em várias cidades...
Guard Rail e árvores evitam que caminhão despenque de barranco as margens da RSC-472 em Tenente Portela
Um caminhão utilizado no transporte de suínos só não...
MPRS alerta para golpes contra Prefeituras realizados usando nome da Instituição
O Ministério Público alerta sobre um golpe realizado contra...
Sicredi Raízes RS/SC/MG realiza doação de R$ 350 mil a hospitais
A Sicredi Raízes RS/SC/MG é uma instituição financeira cooperativa...
Tragédia: Homem mata a filha e esfaqueia quatro pessoas da mesma família em SC
Na tarde desta segunda-feira (12), um homem identificado como...