Mulher é presa após planejar aborto de bebê da filha e jogar corpo no lixo no RS

Slider

Uma mulher de 40 anos foi presa pela Polícia Civil, em Canoas, após planejar – junto com a filha de 17 – a morte do neto. Ela colocou o corpo do bebê de sete meses de gestação em um saco de lixo e fez o descarte.

De acordo com a investigação da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), a jovem não queria ter a criança. Com isso, a avó planejou o aborto. “A adolescente acaba sendo convencida pela própria mãe a interromper a gravidez”, conta o delegado Pablo Queiroz Rocha, titular da DPCA, em entrevista a TV Record.

Os policiais descobriram que a menor realizou o aborto no banheiro da casa em que elas viviam no bairro Guajuviras. A mulher foi a responsável por cortar o cordão umbilical e descartar, em uma lixeira comum, o corpo do bebê.

A investigação ainda tenta apurar desde quando a adolescente tentava fazer o aborto.

Por ser menor de idade, a menor vai responder pelo aborto em liberdade. A mulher, que não teve o nome divulgado devido a Lei de Abuso de Autoridade foi encaminhada ao sistema prisional.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Agência GBC

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider