Mulher é presa por suspeita de ter provocado acidente na BR-386 em Lajeado, diz polícia

Foto: Rádio Independente

A mulher envolvida em um acidente com a filha de 2 anos, ocorrido em 17 de maio, na BR-386, em Lajeado, no Vale do Taquari, foi presa preventivamente na tarde desta quarta-feira (16). Ela é suspeita de ter provocado o acidente, segundo a polícia.

A mulher de 34 anos estava internada desde o dia da colisão no Hospital Universitário de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ela passou por uma cirurgia no sábado (12) e teve alta nesta quarta.

A polícia já havia pedido a prisão preventiva dela, que foi decretada pela Justiça em 21 de maio. De acordo com o delegado Márcio Moreno, o inquérito será finalizado até o fim deste mês.

O acidente

 

Mulher e filha trafegavam em um carro com placas de Cruzeiro do Sul na BR-386 quando teriam batido de frente em uma carreta. Um terceiro veículo, de Ijuí, acabou batendo na traseira do automóvel.

Motorista do veículo com placas de Cruzeiro do Sul, a moradora de Lajeado ficou presa às ferragens e foi retirada pelos bombeiros. A filha dela, uma menina de 2 anos, foi retirada do carro por moradores, com alguns arranhões.

A polícia pediu a prisão preventiva da mulher após investigar as circunstâncias do acidente.

“Ouvimos algumas pessoas no plantão da Polícia Civil e, entre essas pessoas, foi ouvido o pai dessa criança. O pai da menina relata que eles já estão separados há um ano e que agora, então, tem um outro relacionamento e que ela [a mãe da filha] não estaria aceitando esse outro relacionamento que ele estaria mantendo com uma terceira pessoa”, afirmou a delegada Shana Hartz.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider