Mulher morre atropelada pelo marido no RS e polícia investiga se foi acidente

Casal morava em Lagoão e havia saído de carro, quando aconteceu o atropelamento. — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Slider

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher de 57 anos em Lagoão, no Vale do Rio Pardo, que foi atropelada pelo próprio marido. Segundo informações da investigação, o homem, de 66 anos, afirma que não viu a mulher quando deu ré no carro.

O casal havia saído de casa de carro. O homem fez uma parada e a mulher foi urinar atrás do veículo. Segundo o homem, sem ver onde ela estava, ele tentou manobrar e acabou passando por cima dela.

Ela chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital da cidade. Em depoimento, o marido alegou que foi acidente.

Segundo a delegada do caso, Graciela Chagas, nenhuma hipótese é descartada. “Vamos aguardar as conclusões da necropsia para confrontar com a versão do marido e das testemunhas. E verificar se se trata de homicídio efetivamente culposo [sem intenção] ou outra hipótese”, explica.

A mulher já tinha registrado denúncias contra o homem por violência doméstica. Segundo familiares, o homem não tinha carteira de motorista.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider