SANTO AUGUSTO: VEREADORES RECEBEM PREMIAÇÃO POLÊMICA SEMELHANTE A MOSTRADA PELO FANTÁSTICO - Observador Regional

SANTO AUGUSTO: VEREADORES RECEBEM PREMIAÇÃO POLÊMICA SEMELHANTE A MOSTRADA PELO FANTÁSTICO

SANTO AUGUSTO: VEREADORES RECEBEM PREMIAÇÃO POLÊMICA SEMELHANTE A MOSTRADA PELO FANTÁSTICO

Região Celeiro - Postada em: 15/08/2018 às 14:14:00

SANTO AUGUSTO: VEREADORES RECEBEM PREMIAÇÃO POLÊMICA SEMELHANTE A MOSTRADA PELO FANTÁSTICO .
SANTO AUGUSTO: VEREADORES RECEBEM PREMIAÇÃO POLÊMICA SEMELHANTE A MOSTRADA PELO FANTÁSTICO .

Dois vereadores de Santo Augusto receberam em dezembro do ano passado medalhas de legisladores destaques do município, durante um dos seminários do Instituto Tiradentes, o mesmo que concedeu uma medalha e um diploma de prefeito nota 10, a um Jumento, conforme mostrou o repórter Giovani Grizotti do Fantástico. A reportagem foi exibida no dia 5 de agosto.

Dos dias 06 a 08 de dezembro de 2017, o mesmo instituto realizou o que chamou de 122° Seminário Brasileiro de Prefeitos, Vice-prefeitos, Vereadores, Procuradores Jurídicos, Controladores Internos, Secretários e Assessores municipais, o evento aconteceu em Porto Alegre.  Os vereadores Ultramar Luiz de Souza e Horácio Ferrando Dornelles ambos do PDT, participaram do seminário e receberam as medalhas.

Para participarem do evento os vereadores receberam diárias pagas pela Câmara de Vereadores. O vereador Ultramar recebeu a quantia de R$ 750,00, já o vereador Horácio, recebeu um valor maior, foram R$ 960,00, conforme mostra o portal da transparência da câmara.

A Rádio Querência entrou em contato com os vereadores para saber o que eles têm a dizer sobre da premiação que receberam.

Em contato com o vereador Ultramar, o mesmo confirmou que recebeu a medalha e que no mesmo dia além da premiação houve 6 palestras, sendo que a primeira foi sobre o aumento de impostos nos municípios, chamada de Planta de Valores. Segundo ele, muito oportuna, por que aqui no município estava tramitando na época um projeto semelhante. Ainda conforme o vereador, o valor pago para participar do evento foi através de recursos da Câmara de Vereadores, no valor de R$ 590,00 (quinhentos e noventa reais).

O Vereador Horácio disse a nossa reportagem, que o que o levou ele até o seminário, foi também a palestra sobre a Planta de Valores. Que a medalha não serve pra nada. Sobre os recursos gastos com o evento, o vereador disse que teria que ver primeiro antes de responder, pois não lembrava os valores exatos.

Ainda essa semana os dois vereadores deverão conceder entrevista na Rádio Querência para falar sobre o assunto.

Investigação do Ministério Público do RS 

Um comércio de diplomas de mérito para vereadores, prefeitos e secretários municipais será investigado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul. Políticos gaúchos são suspeitos de usarem recursos públicos para conquistar as premiações. As empresas que fornecem os prêmios são a União Brasileira de Divulgação, ou UBD, de Pernambuco, e o Instituto Tiradentes, de Minas Gerais. Juntas, as duas instituições promovem até 20 premiações por ano.

Um levantamento do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul mostra que só no estado o Instituto Tiradentes faturou R$ 116 mil em 2016 e 2017, com três eventos. O Instituto até promove seminários juntamente com a entrega dos prêmios. Mas, o Ministério Público do Rio Grande do Sul acha que os seminários são apenas uma desculpa.

“É uma maneira de vender melhor o encontro, de maquiar, na verdade, a falcatrua que se esconde por trás e o conluio existente entre a empresa e o agente público. Esses eventos visam claramente à promoção pessoal do gestor, do agente público e, de outro lado, o lucro das empresas. Nenhuma finalidade pública”, declarou o procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Sul, Fabiano Dallazen.

O Ministério Público já denunciou dois políticos gaúchos pelo uso de dinheiro público para pagar a inscrição nos eventos promovidos por uma terceira empresa.

 

Fonte: Rádio Querência e G1 RS