Observatório registra meteoro no céu de Bagé; veja vídeo

Foto: Divulgação / Observatório Heller & Jung
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

O Observatório Heller & Jung de Taquara, na Região Metropolitana de Porto Alegre, registrou um meteoro no céu de Bagé, na Região da Campanha do Rio Grande do Sul.

O registro foi feito na quinta-feira (23), às 23h54. Segundo o Obervatório, o fireball entrou na atmosfera a uma altitude de 98,8 km e explodiu na altitude de 75,5 km.

O fenômeno teve duração de 2,23 segundos e uma magnitude, medição do brilho, de -9. Tendo magnitude superior a -4 é considerado um fireball.

Ainda de acordo com o Observatório, o meteoro foi da chuva de meteoros sigma Geminids descoberta por pesquisadores brasileiros pertencentes a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon).

Magnitude

A magnitude mede o brilho de um meteoro a partir de um observador na terra. Quanto mais brilhante um objeto parece, menor é o valor de sua magnitude. Os valores de magnitude aparente dos objetos podem variar entre -27 até +30, de acordo com o Museu de Ciências e Tecnologia da PUC-RS. O Sol, por exemplo, com magnitude aparente de -27, é o objeto mais brilhante no céu.

Uma bola de fogo é caracterizada por um meteoro de magnitude aparente maior que -4. Já um bólido é caracterizado como um meteoro de magnitude aparente igual a -14 ou maior. E um super bólido atinge uma magnitude aparente de -17 ou ainda mais brilhante.

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova