Operação mira suspeitos de usar ônibus com passageiros para traficar armas e drogas escondidas

Foto: Polícia Federal
Slider

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (12) uma operação contra suspeitos de usar ônibus de transporte de passageiros para traficar drogas e armas.

Foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Ponta Grossa 24 mandados de prisão, 32 mandados de busca e apreensão e 29 ordens de sequestro de bens contra os alvos.

Segundo a PF, os mandados são cumpridos em cinco estados, nas seguintes cidades: Foz do Iguaçu, Curitiba, Medianeira e Maringá, no Paraná; São Paulo e Diadema, em São Paulo; Joaçaba e Balneário Camboriú, em Santa Catarina; Erechim, no Rio Grande do Sul; e Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Investigações

As investigações começaram em maio de 2020, após uma apreensão de dois fuzis e 1,7 tonelada de maconha em um ônibus, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná.

Segundo a PF, as apurações apontaram que suspeitos utilizavam empresas de locação de veículos e de transporte rodoviário de passageiros para a movimentação das drogas e armas para várias cidades pelo Brasil.

A droga e as armas eram armazenadas em fundos falsos de ônibus e vans de turismo das empresas que pertenciam ao suspeito de ser o líder da organização investigada na operação.

Segundo a polícia, armas e drogas apreendidas ao longo do ano, suspeita de ligação com o esquema investigado, vinham do Paraguai.

A operação foi batizada como Expresso 80. Segundo a PF, o nome remete a fuzis apreendidos que eram montados com 80% das peças compradas sem registro com o propósito de dificultar o seu rastreamento.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

Fonte: G1PR

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider