Paróquia Santo Antônio, de Palmeira das Missões, viveu a Trezena de Santo Antônio

Fotos: Carine Zandoná Badke e Ricardo de Mello- PASCOM.
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
postedeatendimentosite

Treze dias onde as equipes de liturgia, cantos, animação, ornamentação, simbologia, Pascom, doadores de pães, coroinhas, acólitos, festeiros, assadores, sacerdotes convidados, pregadores, Oblatos de São Francisco de Sales, pároco padre Nildo Moura de Melo desdobram-se com a inspiração e força do Espírito Santo para que tudo saísse perto da perfeição. Tudo saiu como o esperado.

Com o lema “Santo Antônio, mestre do amor”, os fiéis ouviram em várias homilias as maravilhas pregadas e vividas pelo Santo que nasceu na capital Lisboa, em Portugal, no dia 15 de agosto de 1195, ficou conhecido também como Santo Antônio de Pádua por ter falecido na cidade italiana de Pádua no dia 13 de junho de 1231. Santo Antônio está entre os poucos doutores da Igreja, e, é contemporâneo de São Francisco de Assis. Ele é um dos santos mais queridos da família franciscana. Detém o recorde de santo com a canonização mais rápida da história da Igreja Católica: 11 meses entre a morte e a canonização. Muitos milagres são atribuídos a ele, mesmo em nosso tempo, haja visto a quantidade de testemunhos que foram dados e lidos antes das missas na Trezena. Nas homilias foi falado sobre a grandeza do amor de Santo Antônio por Jesus, pela Eucaristia, pelo Evangelho, pela missão, pela partilha, amor e piedade por todos os homens. A exemplo de Santo Antônio, a Igreja vive o amor de São Francisco de Sales e de Santa Joana de Chantal pela Igreja de Cristo. Eles também colocaram-se a serviço de Jesus, propagando o Santo Evangelho.

A Igreja vive o Duplo Jubileu Salesiano, fato escolhido como tema da Trezena. Em muitos ouvidos ainda ecoa o refrão: “Tantos anos passaram / E agora vamos celebrar / O duplo Jubileu/ do seu partir e chegar/ Pais da Visitação/ Da família Salesiana/ Deus seja bendito/ Por Francisco e Joana”. São 400 anos da morte de São Francisco de Sales e 450 anos do nascimento de Santa Joana de Chantal. Dois santos que enriquecem a espiritualidade de quem os conhece, de quem lê sobre a vida de cada um. Numa das homilias foi dito que os dois santos unidos à Santo Antônio mostram que o dever de cada pessoa, a essência de cada um é o amor, sem o amor não somos nada. O homem deve aprender a amar a cada dia. Aceitar e ajudar o outro. Respeitar a mãe terra e tudo que nela existe. Não desejar o mal, mas somente o bem a quem quer que seja. Ser a face de Cristo para o irmão.

Durante os treze dias foram distribuídos os pães de Santo Antônio doados por devotos. Cada participante recebeu o cordão de Santo Antônio com as medalhinhas de Santa Joana e São Francisco para no final da missa do dia fazerem um nozinho marcando os dias da Trezena. Mais de 1000 bandeirinhas foram confeccionadas e distribuídas para os presentes, que além de ajudar na animação, também continham um número para sorteio de um pão grande, onde dentro guardava uma surpresa evangelizadora.

O festeiros abrilhantaram a Trezena com as surpresas e delicias do bingo, culminando com os assados e churrasco na data festiva.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Jornal a Madrugada

 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
durstok
postedeatendimentosite

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo