Pecuaristas podem ter caído em golpe de R$ 30 milhões com a venda de gado

Produtores rurais de pelo menos 10 cidades da Região Central podem ter sido vítimas de um dos maiores golpes da história do agronegócio do país. O prejuízo com a venda de gado para um atravessador, que não pagou pelos animais, ultrapassaria R$ 30 milhões.

Conforme a reportagem do Bei apurou, o negociador de gado, que seria natural de Caçapava do Sul mas morador de Formigueiro, mantinha um esquema de compra e venda de gado suspeito de ser, na verdade, uma fraude. Ele adquiria gado de produtores para pagamento a prazo e venderia os animais a menor preço em arremates para pagamento à vista.

Inicialmente, o sistema estaria funcionando. Porém, com o passar do tempo, os prazos para pagamento do gado foram vencendo e a bola de neve foi aumentando. A história foi contada pelas próprias vítimas à reportagem do Bei na tarde de ontem. A Polícia Civil investiga as mais de 10 denúncias feitas contra o suspeito, que está desaparecido e não atende ligações nem responde mensagens no WhatsApp.

Ainda muito abalado, um produtor de 45 anos diz ter sofrido prejuízo de R$ 4,5 milhões. A vítima diz que ainda não acredita no que está acontecendo. Há quase 30 anos trabalhando no ramo, ele conta que o negociador era considerado como um amigo e que negociava gado e frequentava a casa da vítima há mais de dois anos.

Após vários bons negócios, a vítima negociou 542 cabeças de gado com o suspeito. Dessas, 342 novilhas estavam prenhas. O negociador têm até este domingo para pagar, mas o produtor teme não receber.

– Eu não tinha o que falar dele. Em questão de 15 dias, ele fez a minha vida dar um giro de 360 graus. Fui na delegacia e tinham seis pessoas lá registrando ocorrência do mesmo caso. Eu estou sem chão. Não tenho força para nada – revela.

Segundo o pecuarista, todos os clientes do atravessador tinham confiança nele. Por isso, o homem obtinha crédito em todas as praças de leilão:

– Eu estou quebrado, não tenho como me levantar. Tenho que fechar as porteiras da fazenda. O que estou sentindo é o pior possível. Ele não levou só o gado, ele levou uma vida inteira de trabalho. Depois de vender para ele, eu comprei muito terneiro e agora tenho que honrar a minha palavra. As pessoas de quem eu comprei não têm nada a ver com o golpe que eu levei.

OUTROS ESTADOS
O suspeito já teria vendido muitos animais adquiridos na região para frigoríficos do Mato Grosso e de Goiás. Por isso, as vítimas temem nunca receber o dinheiro pelo gado.

Outro pecuarista, de 70 anos, e o filho contam que perderam R$ 116 mil com a venda de 43 animais. Esse foi o primeiro negócio malfeito pela família ao longo de 70 anos e, também, o primeiro realizado com o atravessador de Formigueiro.

– Tenho esperança de receber, mas é meio difícil. Acho que ele vendeu o gado, recebeu e ficou com o dinheiro – diz o idoso.

As delegacias da Polícia Civil de Formigueiro e Caçapava do Sul confirmam as investigações, mas não revelam detalhes.

VÍTIMA ESTÁ SUPRESA
Outro produtor rural de Formigueiro admite estar surpreso com as denúncias envolvendo o atravessador, já que negociava havia muito tempo com o suspeito. A vítima ainda não registrou um boletim de ocorrência na delegacia.

– Não se tem o que dizer da família dele. Comecei comprando gado dele e depois passei a vender. Não sei se ele se perdeu com as contas, ou o que aconteceu – revela.

Conforme o pecuarista, todas possíveis vítimas estão tentando entender o que está acontecendo, já que o atravessador sempre pagava corretamente.

– Vou fazer uma ocorrência porque não se sabe o que aconteceu. Ele sempre me pagou certinho, parcelava, mas de uma semana para cá, estourou – conta.

Segundo o produtor, o atravessador pagou com um cheque. Ele só irá retirar a queixa na polícia caso receba o dinheiro.

VÍTIMA ESTÁ SUPRESA
Outro produtor rural de Formigueiro admite estar surpreso com as denúncias envolvendo o atravessador, já que negociava havia muito tempo com o suspeito. A vítima ainda não registrou um boletim de ocorrência na delegacia.

– Não se tem o que dizer da família dele. Comecei comprando gado dele e depois passei a vender. Não sei se ele se perdeu com as contas, ou o que aconteceu – revela.

Conforme o pecuarista, todas possíveis vítimas estão tentando entender o que está acontecendo, já que o atravessador sempre pagava corretamente.

– Vou fazer uma ocorrência porque não se sabe o que aconteceu. Ele sempre me pagou certinho, parcelava, mas de uma semana para cá, estourou – conta.

Segundo o produtor, o atravessador pagou com um cheque. Ele só irá retirar a queixa na polícia caso receba o dinheiro.

No começo de 2021, o suspeito, que tem na faixa de 30 anos, teria começado a comprar animais em remates em mais municípios, entre eles Lavras do Sul, Caçapava do Sul, São Sepé, Restinga Sêca, Formigueiro, Júlio de Castilhos e Rosário do Sul. Foi quando a vida pessoal teria começado a mudar. Um morador de Formigueiro conta que a família do homem é simples e honesta. Mas chamou a atenção que o atravessador comprou uma caminhonete nova e passou a demonstrar um padrão de vida mais elevado. Sinais de que os negócios iam bem.

Há poucos meses, em uma tarde, o suspeito teria comprado uma grande quantidade de gado em Formigueiro. Uma operação logística foi montada para o transporte dos animais, o que chamou a atenção da população.

– Em uma tarde, vi passar oito carretas carregadas na frente de casa – revela o morador, surpreso com a cena incomum para o município.

COMPRA DE CASA
Não demorou para os produtores começarem a chamá-lo, informalmente, de novo rei do gado gaúcho, em referência ao famoso personagem Bruno Mezenga, interpretado pelo ator Antonio Fagundes na novela O Rei do Gado, da Rede Globo, na década de 1990.

Recentemente, o suposto golpista teria comprado uma casa no valor de mais de R$ 1 milhão em Formigueiro, negócio que não teria sido concretizado devido às desconfianças cada vez maiores em relação ao seu nome. Desaparecido há alguns dias, seu paradeiro é desconhecido. Na região, circula a informação de que o “rei do gado” estaria na Europa.

Fonte: BEI

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider