Polícia Civil divulga novas informaçõ es sobre prisão de autor de homicídio em Crissiumal

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
Polícia Civil divulga novas informaçõ es sobre prisão de autor de homicídio em Crissiumal

Conforme já antecipado pelo Guia Crissiumal foi preso nesta segunda-feira o autor do homicídio ocorrido na localidade de Barra do Sussuaiá na noite do último sábado, 20.

Confira abaixo nota na íntegra, encaminhada pela Polícia Civil de Crissiumal

“Nesta data de 22 de fevereiro de 2016, D.O.N, de 25 anos, natural de Pernambuco, autor do homicídio ocorrido na localidade de Lajeado Sussuaia, no último sábado, apresentou-se à Delegacia de Polícia.

D.O.N cometeu o crime de homicídio consumado contra a vítima J.L.E.A, de 32 anos de idade, desferindo-lhe um golpe de foice.

D.O.N solicitou que seus conhecidos efetuassem contato com a Brigada Militar, a fim de que fosse conduzido à Delegacia de Polícia.

Na delegacia o autor do fato foi interrogado, ocasião em que confessou a prática do crime.

O delegado de polícia William Garcez, responsável pelo caso, representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva de D.O.N para garantia de aplicação da lei penal, haja vista que o autor do fato é natural de outro Estado e, em liberdade, poderia deixar o distrito da culpa, prejudicando a instrução do futuro do processo penal. Garcez enfatizou que a rapidez do Poder Judiciário em expedir a ordem de prisão preventiva foi crucial para a manutenção da segregação de D.O.N.,

D.O.N está sendo conduzido ao Presídio de Três Passos.

O inquérito policial será remetido ao Poder judiciário no prazo de 10 (dez) dias.

Em contato com conhecidos da vítima e do autor, o Guia Crissiumal obteve a informação que ambos trabalhavam juntos em uma empresa de construção civil. DON estaria em Crissiumal há alguns meses, trabalhando na lavoura. O assassinato ocorreu em meio a uma confraternização, onde ocorreu um desentendimento e Jorge Luiz Espindula Alves, 32 anos, conhecido como “Sete” acabou morto com golpes de foice.

Postada originalmente em: 2016-02-23 03:00:00

Categoria original: Região Celeiro

Fonte: Polícia Civil/Guia Crissiumal

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova
Sellnet2