Polícia Federal deflagra “Operação Calibre” em Sananduva

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

A Polícia Federal deflagra, na manhã desta quarta-feira (12), a Operação Calibre, que investiga o tráfico de armas e munições utilizados em conflitos indígenas ocorridos nos anos de 2020 e 2021 na Reserva Indígena do Carreteiro, situada no município de Água Santa.

Policiais federais cumprem dois mandados de busca e apreensão na cidade de Sananduva.

Durante as investigações, a Polícia Federal apurou que um indivíduo residente em Sananduva estaria fornecendo armas e munições irregularmente aos indígenas em conflito. A ação de hoje tem por objetivo a localização de armas e munições irregulares, bem como a coleta de provas da atuação do indivíduo nos fatos investigados.

A Reserva Indígena do Carreteiro, localizada em Água Santa, tem sido palco de conflitos armados entre grupos rivais que disputam o cacicado. Os conflitos ocasionaram inúmeras tentativas de homicídio e dois homicídios consumados de indígenas.

O crime investigado na Operação Calibre é o tráfico de armas e munições, com pena máxima prevista de 12 anos de reclusão.

 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova