Polícia Federal mira quadrilha que ofereceu vacinas para o Ministério da Saúde

A Polícia Federal cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Minas Gerais e no Espírito Santo com o objetivo de desarticular uma quadrilha que ofereceu, de forma fraudulenta, 200 milhões de doses de vacinas para o Ministério da Saúde. O grupo atuava em nome de um grande consórcio farmacêutico.

As investigações foram iniciadas a partir de denúncia enviada pela própria pasta à PF. De acordo com a Polícia Federal, o ministério teria dito que, ao menos duas pessoas, por meio de duas empresas diferentes, apresentaram credenciais falsas afirmando terem exclusividade para a comercialização do lote de vacinas.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, a quadrilha ainda teria oferecido doses de vacinas a outros gestores públicos, além do Ministério da Saúde.

Ainda segundo a PF, os suspeitos serão investigados pelos crimes de associação criminosa, estelionato em face de entidade pública, falsificação de documento particular e falsificação de produto destinado a fins medicinais.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUIe faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Correio do Povo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

MAIS LIDAS

VÍDEOS

Mais notícias

Três Passos: Polícia Civil prende mulher em flagrante delito de tráfico de drogas
Na noite desse domingo (18), os policiais civis da...
Acidente envolve três motos e uma jovem morre na BR 472 em Três de Maio
Um acidente envolvendo três motocicletas resultou na morte de...
Jovem de 18 anos é encontrado sem vida às margens da BR-392, no Noroeste do RS
Bruno Andrzejewski, 18 anos, foi encontrado sem vida, na...
Cientistas criam embriões que são quimeras de macacos e humanos
Na biologia, uma das formas de se estudar os processos...
Jovem é encontrado morto em um pomar em Vacaria
Um rapaz de 22 anos, natural de Dourados no...