Presidiário de Pinhalzinho que arrancou coração de companheiro de cela é encontrado morto

Slider

Um preso foi encontrado morto dentro da cela na Penitenciária Industrial de Blumenau, no Vale do Itajaí. O caso ocorreu na manhã desta segunda-feira, 23, e as causas da morte não foram divulgadas.

De acordo com o DEAP, o presidiário foi identificado como Carlos Keller, 25 anos natural de Pinhalzinho. Ele cumpria pena por homicídio, pois foi condenação de 2018 à 34 anos e três meses de prisão em regime fechado pela morte de Eloir Ternus, assassinado em agosto de 2015.

Além desta condenação, Keller no dia 25 de dezembro de 2017, acompanhado de um comparsa sequestrou um taxista em Pinhalzinho.

No ano passado, já cumprindo pena ele arrancou o coração de um colega de cela na unidade prisional onde estava.

O corpo dele foi velado nesta segunda em Pinhalzinho.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Rede Peperi

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider