Região Celeiro continua com índices em queda na área de Segurança Pública

Brigada Militar
Advogado Benhur Aurélio Formentini Nunes
ABC NOVO
SICREDI NOVO
WAGNER NOVO
INFE NOVO

A Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul divulgou recentemente os números de ocorrências em todas as cidades gaúchas acumuladas até julho de 2020.

Em termos gerais, houve uma redução significativa de criminalidade na Região Celeiro em relação ao mesmo período de 2019. O número total de ocorrências acumuladas até julho de 2020 foi de 711, o que corresponde a um número 21,7% menor do que o registrado no mesmo período do ano anterior, que foi de 908.

Outros destaques relacionados à criminalidade acumuladas até julho de 2020 na Região Celeiro:

O município com menor índice de criminalidade na Região Celeiro continua sendo São Valério do Sul, que apresentou apenas uma ocorrência policial nestes sete meses deste ano.

Campo Novo após ter perdido no mês de maio o posto de município com maior taxa de crimes, retorna a figurar em primeiro lugar neste quesito, e segundo pode-se constatar, isto ocorreu devido ao trabalho efetivo, eficaz e intensivo das forças de segurança em relação ao combate dos crimes de posse e tráfico de entorpecentes no município, pois dos 49 crimes registrados no período, 19 foram relacionados a estes delitos.

Na sequência vem os municípios de Miraguaí, Tenente Portela e Bom Progresso, com os de maiores taxas de índice de criminalidade na Região Celeiro.

O crime com maior incidência na Região Celeiro foi o de furto, com 318 registros do total de 711 e também foi o que teve registro em 20 das 21 cidades da Região, embora seja o que mais sofreu redução de registros, comparando ao mesmo período de 2019, ou seja: de 501 em 2019 para 318 em 2020, significando um percentual de 36,5% a menor.

Na contramão da redução da criminalidade da Região o delito de estelionato teve um crescimento de 21%e foi registrado em 17 municípios.

Entenda a taxa/100mil hab.

Indicadores como a taxa por cem mil habitantes são proporcionais ao tamanho da população em questão, logo, eles permitem comparar populações (países, cidades, bairros) de tamanhos diferentes.

Dividindo o indicador por fatias menores de pessoas, é possível entender a distribuição geográfica de forma mais significativa.

A taxa também poderia ser por 10 mil, ou 1 mil habitantes, o princípio é o mesmo. Na fórmula, só muda o número multiplicador. Também existem outras formas de relativizar os números, como dividir pela área, ao invés da população.

Ao calcular dados referentes ao Rio Grande do Sul, a SSP-RS utiliza o multiplicador de 100 mil, tendo em vista que a população gaúcha é de mais de 10 milhões de pessoas. No caso da Região Celeiro, como as cidades possuem relativamente poucos habitantes, a taxa por 1 mil habitantes ilustra de forma mais satisfatória os índices.

Confira tabela com os índices de criminalidade de todos os municípios da Região Celeiro:

Fonte: Observador Regional

Sellnet Telecom
Gráfica Ômega
Zanella
Farmácia Santa Inês
Brigada Militar
Advogado Benhur Aurélio Formentini Nunes
ABC NOVO
SICREDI NOVO
WAGNER NOVO
INFE NOVO
Sellnet Telecom
Gráfica Ômega
Zanella
Farmácia Santa Inês

Mais acessadas

Nenhum dado até agora.

Mais notícias

Casa é destruída em incêndio na tarde deste domingo em Ijuí
Uma residência localizada nos fundos do bairro Luiz Fogliatto foi...
Redentora: PL oficializa candidatura de Alex Melo e Luiz Armando
Lançada, na tarde de quinta-feira, 10, a chapa de pré...
Brigada Militar de Horizontina prende homem e recupera veiculo Furtado
Na noite deste sábado 19/09 policiais militares da Brigada Militar...
Jovem de 19 anos morre após bater a moto na traseira de automóvel, no Noroeste do RS
Um jovem de 19 anos morreu depois de se envolver...
Cartaz de moradora proibindo visitas de políticos chama atenção em Tiradentes do Sul
Um cartaz fixado por uma moradora no portão em frente...