RS terá terça-feira quente, com nebulosidade, mas pouca chuva

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB-PlanoSafrafeed1080x1080

O sol aparece com nuvens nesta terça-feira na maior parte do Rio Grande do Sul, mas, assim como na segunda, ocorrem momentos de maior nebulosidade em diferentes localidades. Deve chover, mas, de forma localizada. A esmagadora maioria dos locais não terá registro de precipitação.

Porto Alegre, por exemplo, deve ter um dia de sol e nuvens, porém não se afasta precipitação isolada no fim da tarde ou à noite. Será um dia quente para abril, embora sem forte calor. A temperatura fica perto de 30ºC em muitas cidades e ultrapassa os 30ºC nos vales e no Noroeste.

As mínimas rondam os 16ºC em Alegrete e os 15ºC em São José dos Ausentes. As máximas, por sua vez, podem chegar a 28º₢ em Uruguaiana e 31ºC em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 20ºC e 29ºC.

A chuva acumulada somente na primeira semana do mês na maior parte do Rio Grande do Sul ficou entre 50 mm e 100 mm, com acumulados pontuais superiores aos 100 mm; embora não tenha chovido com volumes tão altos em todo o estado. Pontos como a Grande Porto Alegre, experimentaram baixos volumes no período.

Com o que já choveu no estado somente na primeira semana do mês e o que se espera ainda chova até o dia 30, inevitavelmente muitas áreas do Rio Grande do Sul vão terminar abril com acumulados de precipitação acima da climatologia histórica mensal, o que não surpreende com o El Niño ainda presente no Pacífico Equatorial Central. A tendência em curto prazo é de mais chuva. Até quinta-feira, o estado terá sol, nuvens e chuva isolada, ou seja, as precipitações serão muito irregulares e localizadas, sem citar os baixos acumulados na maioria dos pontos.

Entre o fim desta semana e o início da próxima se projeta um período de instabilidade maior, em que a chuva tende a ser mais ampla no estado e com volumes maiores, inclusive altos em algumas localidades. Este padrão de chuva frequente, sem períodos prolongados de tempo firme e seco, preocupa demais o campo gaúcho porque produtores estão com dificuldades para avançar na colheita diante da instabilidade recorrente, que castigou a agricultura também na fase de plantio.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Correio do Povo

Compartilhe:

ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
BANNERSANTAINESNOVO
mart
SICOOB-PlanoSafrafeed1080x1080

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo