Secretário Covatti Filho anuncia liberação de atividades e provas campeiras

Provas devem seguir regras impostas a competições esportivas realizadas em território gaúcho durante a pandemia
Brigada Militar
Advogado Benhur Aurélio Formentini Nunes
ABC NOVO
SICREDI NOVO
WAGNER NOVO
INFE NOVO

Após consulta ao Comitê de Análise de Dados do Covid-19, o Secretário Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, anunciou a liberação de atividades e provas campeiras em municípios com bandeira amarela ou laranja. O aval foi dado pela coordenadora do comitê, Leany Lemos, e comemorado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG).

As provas devem seguir restrições dos Decretos Estaduais, as normas da Secretaria Estadual da Saúde e, especialmente, a Nota Informativa 18 COE/SES-RS do Centro Estadual de Vigilância em Saúde de 13 de agosto. A Nota lista 42 recomendações que devem constar nos protocolos das competições esportivas a serem realizadas em território gaúcho, entre elas a proibição de público externo. A autorização final ficará a cargo do município sede da competição.

Segundo Covatti Filho, as competições devem apresentar um plano de contingência para prevenção e controle à Covid-19. “É possível retomar a realização das provas campeiras, desde que todos os protocolos de prevenção à saúde sejam rigorosamente cumpridos”, destaca Covatti.

O vice-presidente campeiro do MTG, Adriano Pacheco, diz que a liberação contempla na totalidade pedido da entidade. “As provas campeiras vão muito além da cultura e tradição, elas envolvem um setor econômico que está parado desde o início da pandemia e precisa retomar as atividades”, ressalta.

Na mesma linha o Vice-Presidente da Administração e Finanças do MTG, César Oliveira, diz que o pedido de continuidade controlada das atividades campeiras é fundamental para a retomada desta atividade econômica que abrange todo o estado. “É preciso fazer girar a engrenagem lentamente de forma muito criteriosa, não deixando-a parada, enferrujando e sofrendo desgaste. Precisamos avançar, porém tomando o máximo de precauções e, conscientemente, cada um, desde o gestor municipal até o laçador, assumir a sua devida responsabilidade”, ressalta César Oliveira.

Segundo Covatti Filho, as competições devem apresentar um plano de contingência para prevenção e controle à Covid-19

 

Fonte: Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul

Sellnet Telecom
Gráfica Ômega
Zanella
Farmácia Santa Inês
Brigada Militar
Advogado Benhur Aurélio Formentini Nunes
ABC NOVO
SICREDI NOVO
WAGNER NOVO
INFE NOVO
Sellnet Telecom
Gráfica Ômega
Zanella
Farmácia Santa Inês

Mais acessadas

Mais notícias

7° BPM desencadeia Operação Eleições nos municípios da Região Celeiro
Nesta semana o 7° BPM iniciou a Operação Eleições em...
Preso homem que ameaçou matar ex-companheira em Caiçara
A Polícia Civil (PC) de Frederico Westphalen, com apoio de...
Lajeado Bugre: Brigada Militar inibe crimes em decorrência de disputadas políticas e prende indivíduos com arma de fogo
No final da tarde do dia, 28, a Brigada Militar...
Morre Camponovense vítima do acidente em Bom Progresso, na Br-468
Jean Gabriel Padilha, de 20 anos, foi a segunda vítima...
(Confira Vídeo) Casal de Tenente Portela é preso com cigarros escondidos em carga de milho
Na manhã dessa quinta-feira, 29 de outubro, na BR 386...