Secretário propõe que ‘baladeiros’ sejam mandados para o fim da fila de leitos de UTI

Foto ilustrativa: Festa clandestina em Passo Fundo / GMT / Montagem Planalto

O secretário de Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, encaminhou aos ministérios da Justiça e da Saúde uma proposta que sugere que quem for flagrado em baladas clandestinas seja cadastrado numa “lista suja” da Covid-19.

E, caso essas pessoas venham a precisar de um leito de UTI, serão obrigadas a entrar no final da fila. Segundo Leprevost, a proposta envolve tanto quem organizar as festas como quem só estiver participando.

Ele ressalva que a ideia não é impedir o tratamento de saúde a quem frequentou festas ilegais na pandemia, mas de “no caso de existir um só respirador, e duas pessoas precisarem, a que não fez balada clandestina deve ficar com a primeira vaga na UTI”.

Para os que alegarem que a proposta é inconstitucional, o secretário rebate: “O direito de se divertir e de enriquecer com o lazer dos outros não se sobrepõe ao direito a vida e a saúde de toda a sociedade.”

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Gazeta do Povo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

MAIS LIDAS

VÍDEOS

Mais notícias

Coronavírus: Variante de Manaus, considerada mais transmissível, é detectada em Santa Rosa
Estudo genômico das variantes do coronavírus que circulam no...
Homem perde orelhas e parte da mão esquerda em briga de facão em SC
Um homem, de 30 anos, ficou gravemente ferido ao...
Vítimas são largadas na BR 285 após roubo de veículo na BR 158
Um roubo de veículo foi registrado por volta das...
RS tem 604 obras abandonadas em escolas e creches, de convênios assinados entre 2011 e 2015
Em um cenário de desafios na área da educação, que...
Câmara de Vereadores de Braga divulga resultado preliminar do Processo Seletivo Simplificado nº. 001/2021
Foi publicado na manhã desta segunda-feira, 19, o resultado...