Sobrevivente de incêndio em centro de tratamento para dependentes químicos em Carazinho deixa a UTI

Centro de Tratamento e Apoio a Dependentes Químicos (Cetrat) em Carazinho (Foto: Fábio Eberhardt / RBS TV)
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
mart
BANER SITE OBSERVADOR FEIRA
BANER SITE OBSERVADOR 67
1
2

Sobrevivente do incêndio em um centro de tratamento para dependentes químicos, em Carazinho, no Norte do Rio Grande do Sul, Jeferson Ricardo da Silveira, de 31 anos, deixou a Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, e já não precisa da ajuda de aparelhos para respirar.

De acordo com o Grupo Hospitalar Conceição (GHC), nesta terça-feira (12), ele estava estável, no leito de enfermaria e respirando normalmente. Não há, entretanto, previsão de alta.

Jeferson foi transferido para a Capital em estado gravíssimo no dia seguinte à tragédia que vitimou 11 pessoas. Outro sobrevivente foi atendido no Hospital de Caridade de Carazinho e teve alta no mesmo fim de semana.

Duas vítimas já foram sepultadas; as outras nove ainda aguardam identificação pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Conforme o IGP, a liberação acontece assim que concluída a identificação.

 

Relembre o caso

O fogo começou por volta de 23h de quinta-feira (23). Informações preliminares dão conta de que 15 pessoas estavam no local. Do total, 11 morreram – 10 no incêndio e uma após ser socorrida e levada para um hospital. Duas pessoas foram levadas para atendimento médico, entre elas, Jeferson, e outras duas conseguiram escapar sem ferimentos.

Dois pacientes que conseguiram escapar sem ferimentos e uma testemunha já foram ouvidos pelos policiais. Conforme o delegado regional Jader Ribeiro Duarte, a suspeita é de que o incêndio tenha iniciado na fiação elétrica. A Polícia Civil reforça, entretanto, que somente com o resultado da perícia técnica e de outras provas é que se chegará a uma conclusão efetiva das causas do incêndio.

O comandante regional do batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Passo Fundo, tenente coronel Ricardo Mattei, não descarta nenhuma hipótese do que possa ter causado o fogo.

Algumas das vítimas, conforme informações dos bombeiros, foram encontradas em uma área de dormitórios e próximas às janelas, o que pode indicar que elas tentavam sair do local. A parte consumida pelo fogo era de madeira. Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, as janelas não tinham grades, mas eram pequenas, por onde uma pessoa não conseguiria passar.

O prefeito de Carazinho, Milton Schmitz , disse que, em princípio, a entidade tinha todas as liberações para funcionamento regularizadas. “Tem alvará dos bombeiros e licenças todas em dia”, mencionou.

Em nota, o Ministério da Cidadania disse acompanhar as investigações sobre as causas do incêndio. O Cetrat “recebe investimentos do governo federal e está em situação regular”, segundo a pasta.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp
Fonte: G1-RS

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
WhatsApp Image 2022-07-15 at 09.14.17
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
mart
BANER SITE OBSERVADOR 67
BANER SITE OBSERVADOR FEIRA
1
2

MAIS LIDAS

Sorry. No data so far.

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova
Roque_2021-300x266-1-seo