Sol e temperatura perto dos 40°C: até quando vai a onda de calor no Rio Grande do Sul?

Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442

Prepare-se: serão dias para beber muita água, não esquecer de passar filtro solar e, preferencialmente, andar sempre pela sombra. Sobretudo, dias de muito suor. A onda de calor que atinge o Rio Grande do Sul desde a semana passada deve se estender até o ano que vem, arrefecendo no começo de janeiro, segundo informações da Climatempo. Até lá, a previsão indica que a temperatura poderá passar dos 40°C no Estado.

Nesta segunda-feira (27) de sol no RS, a máxima registrada no Estado foi de 37°C em Quaraí, na Fronteira Oeste. Na mesma região, de acordo com a Climatempo, Uruguaiana atingiu 36°C — o que também se repetiu em Santa Rosa, no Noroeste. Campo Bom, Teutônia e Alegrete chegaram aos 35°C. Santa Maria fez 34°C, enquanto Porto Alegre foi aquecida aos 33°C.

O tempo no Rio Grande do Sul se manterá firme até quinta-feira (30), quando deve chover no Norte do Estado. Porém, a Climatempo ressalta que as pancadas ficarão concentradas apenas na região, sem grandes volumes acumulados. A chuva deve chegar à Capital na sexta (31), com tempestades isoladas.

A tendência, de acordo com a empresa de meteorologia, é que o calor persista até a metade da primeira semana de janeiro, com temperaturas elevadas especialmente na Fronteira Oeste, no Noroeste e na região central do Estado.

Cidades como Porto Xavier e Porto Lucena, ambas no Noroeste, podem chegar a 42°C nesta terça (28). São Borja, na Fronteira Oeste, e Santa Rosa terá máximas de 41°C até quarta-feira (29). Nos dois próximos dias, a máxima em Uruguaiana, também na fronteira, deve chegar aos 40°C; enquanto Santa Maria, na região central, pode atingir os 37°C.

A previsão para Porto Alegre na terça é que a temperatura fique entre 19°C e 33°C e, no dia seguinte, a máxima chegue aos 34°C . Para a Climatempo, os modelos indicam que o ápice do calor na Capital será no sábado (1°) — com máxima prevista de 36°C.

A Climatempo aponta que a onda de calor deve abrandar após o dia 4 de janeiro, por conta da chegada de uma nova frente fria. Além de trazer aumento de nuvens e chuvas, haverá um refresco no calorão com as quedas nas temperaturas em todo o Estado.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: GZH

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
infe_ok-300x266
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
graficaomegaok
zanella
farmsantinesnova