Temporal causa transtornos no Rio Grande do Sul

Falta de luz no Bairro Santana perdura até o início desta terça-feira (26). Foto: Isadora Aires / RBS TV
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

O temporal que atingiu o Rio Grande do Sul provocou falta de luz, alagamentos e destelhamentos no Estado na segunda-feira (25). Na Fronteira Oeste e em parte da Campanha, os municípios de Quaraí, Uruguaiana e Santana do Livramento foram os mais atingidos.

Em Quaraí, um jovem de 18 anos morreu após ser atingido por um raio. A vítima foi identificada como Lucas Emanuel Ribeiro Pinto, soldado do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado. Na região, há ainda registro de enxurradas que atingiram casas ribeirinhas.

Na Região Central, oito pessoas precisaram sair de casa e estão desalojadas em Cachoeira do Sul. Na cidade, seis casas ficaram parcialmente destelhadas com as chuvas.
Em Uruguaiana, a área mais afetada foi o bairro Boa Vista. Já em Santana do Livramento, o ponto mais crítico de alagamentos foi na Avenida João Belchior Goulart.

Conforme a Defesa Civil da região de Uruguaiana, que abrange 24 municípios, não há famílias desalojadas ou desabrigadas na área.

A Fronteira Oeste também concentra pontos sem energia elétrica. A RGE indicou que danos na rede, principalmente por galhos e objetos arremessados sobre fios, prejudicavam o abastecimento de luz nos Vales do Sinos, do Taquari e do Rio Pardo e na região Central. A concessionária ainda não tem previsão de retorno do serviço.

Na Região Metropolitana, um balanço da CEEE registrava pouco mais de nove mil clientes sem luz até às 7h. Na Capital, parte do bairro Santana, na Zona Leste, seguia com falta de energia até o início da manhã desta terça-feira (26). A interrupção foi causada por um curto-circuito na fiação da Rua Jacinto Gomes, ainda na noite da segunda-feira.

Conforme a CEEE Equatorial, os trabalhos feitos no local deram conta apenas de livrar a situação de risco, mas não de normalizar o abastecimento de energia. A concessionária declarou que depende da ação do Corpo de Bombeiros para restabelecer a luz no bairro.

Moradores de diferentes bairros de Porto Alegre também relataram falta de luz ainda na manhã desta terça-feira (26). No Bairro Passo D’areia, na zona norte, Gislaine Aramburu está sem energia desde às 20h15min em uma das ruas paralelas à Avenida Assis Brasil. O mesmo acontece no Jardim Botânico, onde mora Rafael Lokschin. Ele abriu um protocolo de atendimento na CEEE às 20h30min, mas seguia sem luz nove horas depois. Segundo Lokschin, a interrupção na energia elétrica é frequente quando chove. Na zona sul, os depoimentos são semelhantes nos bairros Camaquã e Nonoai.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Fonte: Gaúcha ZH

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova