Tenente Portela: Ex-prefeito Carboni contesta e critica versão do município sobre lixo hospitalar

O ex-prefeito de Tenente Portela, Clairton Carboni, contesta a versão dada pela administração municipal sobre o não recolhimento hospitalar nos primeiros meses do ano.

A polêmica já havia circulado na cidade, mas ganhou novo capitulo no último sábado quando a Secretária Municipal de Saúde de Tenente Portela, Magna Sinhori, concedeu entrevista ao programa Tribuna Popular, e disse que o recolhimento do lixo hospitalar no município não foi feito, em virtude de que não havia uma empresa contratada, já que o contrato havia vencido em dezembro e não havia sido renovado.

O ex-prefeito Clairton Carboni procurou nossa reportagem e contestou as declarações da secretária, onde, segundo ele, deixou-se entender que a falta da empresa contratada seria uma falha do governo passado.

Segundo o ex-mandatário de Tenente Portela, foi realizado uma licitação para contratação, onde apenas uma empresa participou, no entanto, ela não conseguiu apresentar a documentação necessária para um novo contrato, diante da situação, o prefeito enviou um oficio durante a transição, comunicando a nova administração para que essa efetuasse a contratação dos serviço no mês de janeiro, já que, segundo Carboni, não haveria tempo hábil para se organizar uma nova licitação.

Diante do fato de não ter uma empresa licitada, Carboni afirmou que no dia 31 de dezembro contratou uma empresa e que fez o recolhimento total de lixo hospitalar que havia nos depósitos do município  e que o entregou sem qualquer depósito de lixo hospitalar.

Clairton Carboni disse que a atual administração poderia ter realizado a licitação em janeiro, bem como poderia usar da dispensa de licitação para fazer a contratação de empresa para recolhimento de lixo hospitalar, já que usou desse recurso para uma série de contratação de outros serviços e não o fez para o recolhimento do lixo, que era algo que deveria ser prioritário.

O ex-prefeito disse também que a saúde e tudo que é relacionado a ela precisa ser prioridade que somente está se pronunciando, porque o assunto é relacionado a essa área que ele acredita ser a mais fundamental dentro da gestão pública.

Os documentos abaixo foram encaminhados pelo ex-prefeito e mostram que a atual administração foi comunicada no percurso da transição:

Fonte: Sistema Provincia de Comunicação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider

VÍDEOS

Mais notícias

Nestlé investirá R$ 1 bilhão em fábrica de Santa Catarina
A empresa transnacional do setor de alimentos e bebidas,...
Tentativa de estelionato é registrada após clonagem de WhatsApp em Humaitá
Um caso de tentativa de estelionato envolvendo a clonagem...
RS detalha calendário de vacinação com primeira dose até 20 de setembro
O governo do Rio Grande do Sul reafirmou nesta...
Tenente Portela: Polícia Civil prende homem e apreende drogas durante Operação Narco Brasil
Na manhã desta quinta-feira 24 de junho, a Delegacia...
Acidente com vítima fatal na BR-285 no Noroeste do RS
Um acidente de trânsito com morte foi registrado na...