Vereadora denuncia assédio na Câmara de Vereadores em município do Noroeste do RS

Durante o Pinga-Fogo na Câmara de Vereadores de Santo ângelo, a vereadora Jacqueline Possebon do PDT fez uma grave denuncia sobre assédio. “Muita lição de moral de cueca tem acontecido, aquele que assedia, importuna, persegue, comportamento que não é consentido por nenhuma mulher, é um problema grave senhor presidente. Constranger uma mulher em local de trabalho ou via pública ou outro local que seja deve ser denunciado, é grave sim”, afirmou.

Jacqueline continuou o seu discurso dizendo que como única representante do gênero feminino na Câmara de Vereadores, ela solicita aos vereadores que auxiliem a denunciar as pessoas que assediam as mulheres.

“Eu quero dizer a quem estiver fazendo isso nos bastidores, achando que está impune, seu lição de moral de cueca, dizer que assédio não deve ser silenciado e nessa casa não será rotina. Porque eu sendo a voz, não só dessa casa do gênero feminino como ali fora na comunidade, vou denunciar e vou sim levar adiante. Hoje serve de alerta e eu quero que os demais colegas me auxiliem nisso, ninguém está aqui brincando de ser político ou de ser vereador. Pasmem, coloquem se nos seus lugares”, finalizou.

O vereador Rodrigo Flores (PDT) é presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, ele usou a tribuna da Câmera para ressaltar que ficou sem palavras com a acusação da colega. “A partir desse momento, vou averiguar sim, porque não pode acontecer em local de trabalho algum, ter assédio ou desrespeito por qualquer pessoa. E eu como presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar dessa casa, vou averiguar os fatos, que se tem algum parlamentar dessa casa, que seja punido, veementemente punido. É inadmissível que aconteça isso dentro desse parlamento”, enfatizou.

O vereador Vando Ribeiro (MDB) ressaltou que é necessário ter respeito com as pessoas “A senhora conte comigo, que eu vou estar sempre ao lado daquilo que realmente tem que ser feito, que é defender a honra e a condição de trabalho das mulheres que não podem ser assediadas de maneira alguma”, disse. Já o vereador do Márcio Antunes (MDB), ressaltou o apoio para o fato e solicitou para que não fique apenas no alerta.

Receba as notícias do Site OBSERVADOR REGIONAL no seu celular: CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo de WhatsApp

Redação Grupo Sepé

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider