Vídeo: Menina enfrenta frio e chuva para salvar cachorrinha ferida em Santa Catarina

Cibely com a cachorrinha ferida no colo enrolada em um casaco (Foto: Reprodução)
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

Era um dia de frio e chuva quando a pequena Cibely Luíza, de 12 anos, foi flagrada resgatando uma cachorrinha ferida em Blumenau. O registro feito à distância por uma pessoa que se comoveu com o gesto caiu na internet e ganhou milhares de compartilhamentos. A história por trás do vídeo revela uma menina bondosa que não passou despercebida pelo animal ferido na estrada.

Cibely é aluna do sétimo ano do da EBM Lúcio Esteves, no bairro Escola Agrícola. No dia 14 de abril, data que antecedeu a Sexta-Feira Santa, a menina tinha saído da escola quando avistou a cachorrinha encolhida em uma poça de água e ferida. Os amigos seguiram o caminho, mas ela não conseguiu ignorar a cena. Ela colocou o guarda-chuva na calçada, tirou o casaco e o usou para enrolar o bichinho ferido.

A menina estava a cerca de um quilômetro de casa. Na mão tentou segurar a sombrinha e na outra levar a cachorrinha. Cansou do guarda-chuva e foi debaixo do mau tempo com o animalzinho no colo. A mãe conta que se assustou quando viu a filha chegando toda molhada e suja de sangue. No primeiro momento até pensou que tinha acontecido algo com a pequena, que logo tratou de contar o episódio.

A gente sabia que ela é uma menina maravilhosa, mas vendo esse vídeo e com tantas mensagens de carinho que recebemos, vimos que estamos no caminho certo. Enche nosso coração de alegria — confessa a mãe coruja, Rejane Stiegelmair, que descreve a filha como estudiosa e quietinha.

 

Assista ao momento do resgate

Pretinha, como foi carinhosamente batizada, estava coleira e apesar do ferimento aparentava estar bem cuidada. Por isso a família acredita que a cadelinha tem tutores. Eles tentaram localizá-los, mas sem sucesso. 

Com o coração apertado, a cachorra foi colocada para adoção. Cibely já tem dois doguíneos adotados e o espaço é pequeno para receber de forma adequada um terceiro integrante.

Mas, pela garota, Pretinha poderia ficar e até receber mais companheiros, conta a mãe. Rejane diz conta que Cibely é filha única e acredita que a menina encontra companhia nos animais, por isso tamanha paixão e carinho.

Enquanto aguarda por um novo lar, Pretinha recebeu atendimento veterinário e está sendo medicada. Ganhou até roupinha e caminha.

— Não posso deixar de comentar como o bem gera uma corrente de pessoas boas. As minhas cachorras tinham camas improvisadas, agora ganharam caminhas todas elas. A consulta do veterinário foi paga por outra pessoa. Vejo bastante gente oferecendo ajuda com ração ou ajuda de custo. O mundo não está perdido, ainda temos muitas pessoas do bem — diz a mãe de Cibely.

Fonte: NSC TOTAL

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
ABC_OK-300x266
viatec-300x266
Benhur_BannerSite-300x266
brigada-300x267
lojaswagner_ok-300x266
Roque_2021-300x266
sicredi_ok-300x266
Site_392x442
PartiuSicoob_BannerSite_300x266px
WhatsAppImage2022-01-27at090302
BANNERSANTAINESNOVO
OBAOK
278875877_5073530309371253_7577404801244216723_n
WhatsApp Image 2022-05-12 at 09.02.05

MAIS LIDAS

SELLNET-300x158
zanella
farmsantinesnova