Esperança do Sul e Três Passos se reúnem com o Hospital de Caridade

Na manhã desta terça-feira (06) o Prefeito de Esperança do Sul Moisés Ledur e o Secretário de Saúde Ademir da Cruz receberam no gabinete o Prefeito de Três Passos Arlei Tomazoni e a Secretária de Saúde três-passense Marcia Ginzel e também representantes do corpo administrativo do Hospital de Caridade, a Administradora Leila Klein Bender e o contador do hospital Laercio Wachtmann.
O objetivo principal do encontro foi a crise financeira que o hospital atravessa, com um déficit que já ultrapassa os 17 milhões de reais, busca-se soluções entre os cinco municípios da região que mais utilizam os serviços da instituição, Bom Progresso, Esperança do Sul, Sede Nova, Tiradentes do Sul e Três Passos, com a melhoria no contrato para assim aumentar as receitas do hospital.

O Prefeito Arlei exaltou a importância de se integrarmos cada vez mais entre municípios, sabemos da dificuldade do hospital já a vários anos e é necessária esta união entre a saúde municipal e o Hospital de Caridade, que cada município deve olhar a sua realidade na questão dos valores serem repassados ao hospital, a ideia é que Três Passos possa melhorar o contrato e os demais municípios seguirem o mesmo exemplo.

Administradora Leila por sua vez colocou os vários empasses que o hospital vive, dos diversos momentos em que a instituição esbarra na questão financeira, que o pagamento dos médicos está em dia, mas as receitas fixas que o hospital tem não o sustenta, este órgão hospitalar é referência para toda a região, mas muitas cirurgias são deixadas pra trás por falta de recursos, ela reforça ainda que o hospital não precisa ter lucro, ele só não pode ter prejuízo.

O Secretário Ademir da Cruz disse que o hospital é empreendimento em um município, se for aumentado o valor de repasse do município devemos sentar com os médicos e discutir, sobre os atendimentos, ele ressalta que sempre é a favor de repassar uma quantidade maior, mas o dever dos gestores municipais é cobrar para que o atendimento transcorra da melhor maneira possível. Ele ainda pediu mais união dos prefeitos na busca de recurso junto ao governo, e cobrou o estado que aplique na saúde aquilo que é dever, pois este vem aplicando somente a metade do que deve por lei ser aplicado, para que os hospitais não dependam tanto dos municípios.

O Prefeito Moisés, agradeceu a visita que é inédita no município, pois o assunto é de extrema importância, segundo ele o mais correto seria uma solução igualitária para todos os municípios, que fosse proporcional por habitante e se colocou à disposição para discutir e fazer um estudo sobre este cálculo, fazer um estudo para ver das possibilidades. ‘’Pois quando se trata de saúde sempre é um assunto prioritário a ser discutido’’ disse Moisés.

 

Evandro Nicolini/Imprensa

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Slider

MAIS LIDAS

Slider